Campo Grande, 21 de agosto de 2018

Blog do Manoel Afonso

Opinião e atitude no Mato Grosso do Sul

Artigos

Artigos • 08 ago, 2018

As escolhas de cada dia


(Claudia Malfatti)  Escolha é o ato de optar por algo e assumir a responsabilidade pela decisão. Têm pessoas com tanto medo de se arrepender que acham mais fácil “deixar a vida levar”. Esquecem que isso também é escolha e o preço a ser pago tende a sair caro demais. Como diz o ditado popular, “se correr o bicho pega, se ficar o bicho come”.

A ilusão de comodidade ao deixar as definições para os outros, nos priva de agir de forma assertiva e coerente. Acaba sendo uma tentativa de se safar, caso alguma coisa dê errado, ou até de se livrar da culpa, já que não foi escolha minha. Há aqueles que não conseguem nem confiar nos próprios gostos, precisam sempre da aprovação do outro. Nesses casos fica evidente a falta de amor-próprio.

Ter muito medo do julgamento alheio faz com que você se torne refém de si mesmo. É como se estivesse numa prisão e esquecesse que as chaves da cela estão na própria mão. O sofrimento vem pelo medo de decidir e ser rejeitado, desacreditado. Não entregue o seu pote de ouro, digo, a sua vida, para ser administrada por terceiros. Faça o seu destino, evite chegar ao final da caminhada arrependido.

Desde criança começamos a fazer escolhas, sendo inúmeras delas com a necessidade de ajuda dos pais, quando adolescente o processo é semelhante. Conforme amadurecemos a rédea precisa ficar mais longa. Contribuir não significa sufocar o ser humano e abafar os desejos, mas sim proteger e, ao mesmo tempo, confiar e deixar ir.

Afinal, de quem é a vida mesmo? Só você sabe o que é melhor para si. Lembre-se: cada um assumindo as escolhas de cada dia. Siga com a certeza de que pode e deve fazer isso.

Contato com a colunista: claumalfatti@hotmail.com




Deixe seu comentário