Campo Grande, 26 de janeiro de 2021

Blog do Manoel Afonso

Opinião e atitude no Mato Grosso do Sul

Artigos

Artigos • 24 ago, 2020

A igreja é fundamental nas eleições, mas a esquerda ainda não entendeu


Tem crente querendo mudar o quadro, falando o dialeto do igrejês, e vocês estão nos violentando e menosprezando: ao menos tenham estratégia

Acho que a esquerda precisa superar sua dificuldade ou preguiça com a religião, porque, veja bem, não somos uma Suécia. E Darcy Ribeiro dizia que era fácil fazer uma Dinamarca, onde todo mundo é branco igual, pensa igual e tem dinheiro igual.

Ninguém é igual.

E quando uma esquerda “nutella”, “ciranda”, “militante de DCE”, “jovem de Twitter”, acadêmica ou universitária olha pra classe trabalhadora e a condena, vocês, dessa esquerda, estão fazendo pior que a direita e para ela abrindo caminhos.

Porque a classe trabalhadora pode ser despolitizada, desmobilizada, sem leitura crítica, mas são estes mesmos que sofrem com as políticas alienantes ou defasadas de educação, são estes que nunca vão chegar à universidade, e quando chegam, um ou outro, viram capa de jornal.

A classe trabalhadora se sente ofendida e exposta quando lhes apontamos suas ignorâncias sobre um tema como se fossem falhas de caráter. A esquerda intelectualizada faz isso e oprime a classe trabalhadora.

E isso sem falar no jovem místico, que só existe na esquerda mesmo.
Que faz cara de nojo pra quem é crente, porque não acredita em Deus, mas na primeira oportunidade, diz que é Sagitário com ascendente em Peixes.

Por Anderson França – Site Metrópole 




Deixe seu comentário