Campo Grande, 04 de agosto de 2020

Blog do Manoel Afonso

Opinião e atitude no Mato Grosso do Sul

Artigos

Artigos • 19 mar, 2020

Lava Jato tem 6 anos e uma longa estrada pela frente, descreve Roberto de Lucena


Corrupção é 1 problema sistêmico – Projetos urgentes têm que avança
O ministro Sergio Moro (Justiça) assina a medida para restringir a circulação de pessoasSérgio Lima/Poder360 – 26.nov.2019

AOperação Lava Jato, que completou nesta semana 6 anos de trabalhos ininterruptos, inaugurou um novo tempo no Brasil: a sociedade passou a ver pessoas envolvidas em crimes de corrupção sendo investigadas e punidas. Pela 1ª vez, poderosos foram parar atrás das grades, proporcionando aos cidadãos a sensação de que a impunidade, enfim, estaria com os dias contados.

Dizer que a corrupção e a impunidade no Brasil podem chegar ao fim é uma utopia, para não dizer ingenuidade. Infelizmente, a corrupção em nosso país é sistêmica, não sendo problema de um ou outro governo, isoladamente. E não ocorre apenas nos altos escalões da política, mas em todas as esferas, níveis e poderes, envolvendo atores do setor público e do setor privado, em redes de ações e esquemas altamente sofisticados.

O Ministério Público, a Polícia Federal, a Receita Federal e a Justiça Federal cumpriram, e ainda cumprem seus papéis com maestria, incansáveis em reunir esforços na busca de soluções para uma redução cada vez mais efetiva na corrupção política brasileira.

Corrupção mata. O dinheiro público roubado deixa de ser aplicado no atendimento de saúde, em segurança pública, na infraestrutura das cidades. O povo trabalhador e honesto de nosso país, que luta diariamente para sobreviver em meio a tantas dificuldades, clama pelo fim desse mal.

A PEC da prisão pós-condenação em 2ª Instância e a PEC do Fim do Foro Privilegiado, que está na Câmara há mais de 460 dias, são mais que urgentes, são imprescindíveis, e podem ser consideradas, no momento, as principais entre as inúmeras contribuições que nós, deputados federais e senadores, podemos oferecer à nossa sociedade nessa corrida pelo fim da corrupção.

Aos envolvidos nessas conquistas, nosso profundo reconhecimento e respeito. Embora os avanços sejam consideráveis, a estrada a ser percorrida ainda é longa e sinuosa. Mas nada que seja impossível, afinal, uma longa viagem começa com um único passo.

Roberto de Lucena – Poder 360




Deixe seu comentário