Campo Grande, 12 de dezembro de 2019

Blog do Manoel Afonso

Opinião e atitude no Mato Grosso do Sul

Campo Grande

Campo Grande • 05 out, 2018

Azambuja sobe e pode ganhar no 1º turno


Atual governador tem 50% das intenções de votos válidos; Odilon tem 35%

 

A última pesquisa IBOPE de intenção de votos para o Governo de Mato Grosso do Sul antes da eleições, aponta o atual governador, Reinaldo Azambuja (PSDB), ampliou a vantagem sobre os concorrentes na corrida eleitoral e soma 50% das intenções de voto válidos, seguido pelo juiz federal aposentado Odilon de Oliveira (PTC), que tem 35%. A pesquisa foi divulgada hoje pelo Ibope.

Veja abaixo a evolução do resultado da pesquisa, no comparativo com o Ibope divulgado no dia 24 de setembro, considerando os votos totais, que levam em conta os votos brancos e nulos e os eleitores que não opinaram.

Reinaldo Azambuja (PSDB): passou de 40% para 44%

Juiz Odilon (PDT): de 29% para 31 %

Junior Mochi (MDB): de 5% para 6%

Humberto Amaducci (PT): manteve 4%

Marcelo Bluma (PV): manteve 2%

João Alfredo (Psol): de 2% para 1%

Brancos e Nulos: de 10% para 5%

Não souberam ou não responderam: de 9% para 7%

REJEIÇÃO

O Ibope também mediu a taxa de rejeição dos candidatos, onde o eleitor responde em qual candidato não votaria de jeito nenhum, podendo escolher mais de um nome. Confira abaixo o índice de rejeição:

Reinaldo Azambuja (PSDB): 20%
Marcelo Bluma (PV): 19%
João Alfredo (Psol): 18%
Humberto Amaducci (PT): 17%
Junior Mochi (MDB): 15%
Juiz Odilon (PDT): 13%
Poderia votar em todos: 12%
Não souberam e não responderam: 24%

SEGUNDO TURNO

Na simulação entre um possível segundo turno, Reinaldo Azambuja tem 48% das intenções, contra 40% do juiz Odilon. Brancos e nulos somam 6% e 5% dos eleitores não souberam ou responderam.

Foram ouvidos 812 eleitores de 31 municípios do Estado, entre os dias 3 e 4 de outubro. Pesquisa foi encomendada pela TV Morena e registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) com o número MS-08295/2018.

Glaucia Vacari – Correio do Estado

* Matéria atualizada às 19h24 para acréscimo de informações.




Deixe seu comentário