Campo Grande, 18 de setembro de 2020

Blog do Manoel Afonso

Opinião e atitude no Mato Grosso do Sul

Campo Grande

Campo Grande • 18 mar, 2019

“É como um segundo não”, diz Rose sobre nome de Azambuja


Deputada federal quer presidir partido e governador dever interferir em eleição

Rose Modesto-arquivo-Correio do Estado

A deputada federal Rose Modesto está insatisfeita com a possibilidade de o governador Reinaldo Azambuja assumir a presidência regional do PSDB  em nome do consenso para evitar uma suposta disputa dela com o atual coordenador do partido, o deputado federal Beto Pereira.

A parlamentar foi enfática ao responder indagação do Correio do Estado sobre esta terceira via para comandar o partido. “Respeito a decisão do partido de lançar o governador para acabar com a disputa. Mas entenderei como um segundo não do PSDB para mim“. De acordo com a deputada, na eleição anterior o consenso foi obtido quando ela abriu mão da disputa, preocupada em assegurar que o partido saísse fortalecido.

Em 2017, quando Beto Pereira assumiu a executiva estadual do PSDB, Modesto também tinha o interesse, porém desistiu para que houvesse um consenso e o colega presidir a sigla.

YARIMA MECCHI E CLODOALDO SILVA, DE BRASÍLIA

(*) Leia a reportagem completa na edição do Correio do Estado desta segunda-feira. 




Deixe seu comentário