Campo Grande, 14 de agosto de 2020

Blog do Manoel Afonso

Opinião e atitude no Mato Grosso do Sul

Campo Grande

Campo Grande • 24 set, 2018

Obras do Reviva podem afetar abertura de vagas


Incertezas em relação à economia também afetam projeções do comércio

Apesar de haver estimativa de crescimento na contratação de temporários para Mato Grosso do Sul neste fim de ano, as incertezas em relação à economia e a demora no andamento das obras de revitalização do Programa Reviva Campo Grande na região central devem afetar a abertura de vagas no comércio da Capital sul-mato-grossense no último quadrimestre de 2018.

De acordo com o Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento da Federação do Comércio de Bens, Comércio e Serviços de MS (IPF-Fecomércio), enquanto para as contratações de temporários para o Estado a projeção é de 15% de aumento, sinalizando um cenário dentro dos patamares de crescimento de anos anteriores, o índice para o mercado campo-grandense deve sofrer variação, puxado principalmente pelo cenário do comércio do centro.

“Os empresários devem demorar um pouco mais para definir as contratações. (As decisões) vão depender da movimentação de vendas do Dia das Crianças”, ponderou a economista do IPF, Daniela Dias.

Ainda conforme análise do IPF, a expectativa positiva reflete a manutenção do Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec) na chamada zona positiva (acima de 100 pontos) — neste segundo semestre, o indicador ficou, respectivamente em 110,7 em julho e 107,4 em agosto. Outro fator que poderá pesar neste ano será a jornada de trabalho intermitente, principalmente nos setores de alimentação e supermercados.

(*) Confira a reportagem completa na edição desta segunda-feira do Correio do Estado.

 

Daniela Arruda – Correio do Estado




Deixe seu comentário