Campo Grande, 21 de agosto de 2018

Blog do Manoel Afonso

Opinião e atitude no Mato Grosso do Sul

Cidades

Cidades, Política • 09 abr, 2018

NIOAQUE| Reinaldo entrega e lança mais de R$ 5 milhões em obras no interior


Município completa 169 anos de fundação neste domingo. Governador visitou frigorífico e lançou novas obras

                                                                                           Governador assina nova ordem de serviço  para Nioaque – Foto Chico Ribeiro
O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) entregou e lançou investimentos que somam mais de R$ 5 milhões no aniversário de Nioaque – a 179 km de Campo Grande –, que completa 169 anos neste domingo (8).
Entre as entregas estão a restauração do pavimento de quase totalidade das vias da região central, a reforma na escola Odete Ignês Resstel Vilas Boas e a construção de um novo poço tubular para ampliar o fornecimento de água pela Sanesul (Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul).
“Inauguramos o recapeamento que contou com R$ 2,3 milhões em investimentos, a entrega de obras da Sanesul com R$ 1,3 milhão em investimentos, poder assinar a ordem de serviço para início da construção das casas do lote urbanizado, ordem de serviço de novas obras de drenagem e pavimentação asfáltica, além de diversas outras. Isso mostra a presença do governo e as parcerias com a prefeitura e com deputados que se refletem em melhorias”, destacou o governador.
Também foram assinadas as autorizações para o início da construção de 43 bases de casas populares, convênio com o município para aquisição de combustível e entrega de maquinário, além do aporte estadual para a construção de 95 unidades habitacionais nas aldeias Brejão e Cabeceira pelo Programa nacional de Habitação Rural.
O governo também construirá quadras de esportes para atender às aldeias Brejão, Água Branca, Taboquinha e Cabeceira.
Azambuja também destacou a reabertura do frigorífico, fomenta com a concessão de incentivos para geração de emprego e renda aos municípios. As obras estão sendo finalizadas e a reabertura ocorrerá após esforço conjunto do setor privado, governo e prefeitura.
A reabertura deve gerar cerca de 350 empregos e capacidade de abate de 700 cabeças de gado por dia. “Trocar impostos por emprego têm sito uma tônica”, destacou.
Fonte: campograndenews
Por: Gabriel Neris



Deixe seu comentário