Campo Grande, 16/05/2022

Blog do Manoel Afonso

Opinião e atitude no Mato Grosso do Sul

Política

Política • 31 dez, 2021

46 mil metros quadrados de ruas recapeadas pelo Reviva Centro


Quem passa pela região do microcentro e da Rua Rui Barbosa já pode ver a transformação que o Programa Reviva Campo Grande está fazendo. Depois da finalização da drenagem em pontos estratégicos, calçadas estão sendo requalificadas e as vias estão recebendo recapeamento. E não são apenas esses benefícios previstos. Tem paisagismo, acessibilidade universal, iluminação em Led, câmeras de videomonitoramento, além da instalação de mobiliário urbano.

Em quase oito meses de obras, foram executados mais de 46 mil metros quadrados de recapeamento asfáltico, mais de 28 mil metros quadrados de novas calçadas, cerca de 10 mil metros de meio-fio e 47 bocas de lobo. São melhorias que a população já pode conferir.

Além dos trabalhadores da construção civil, mais de 50 profissionais entre arquitetos, engenheiros, consultores individuais, estagiários e técnicos de diversas áreas estão empenhados nas obras e nas ações do Programa.

A Subsecretaria de Gestão e Projetos Estratégicos (Sugepe) realizou mais de 30 reuniões para o Planejamento de obras onde participaram os técnicos da Prefeitura em conjunto com as empresas executoras e os demais envolvidos, visando a resolução das demandas e o cumprimento dos cronogramas.

O trabalho está sendo desenvolvido com várias parcerias, como com as concessionárias de serviços públicos Águas Guariroba, Energisa e MS Gás, que realizam, em conjunto com as obras da Prefeitura na área central, melhorias em suas infraestruturas, visando aumentar ainda mais a qualidade dos serviços prestados.

Além disso, várias secretarias estão, constantemente, auxiliando nas intervenções, como a Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran) que por meio de seus agentes organiza o trânsito no perímetro das obras, criando rotas alternativas para que os usuários da via sejam minimamente impactados.

Outra parceira do Programa é a Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Gestão Urbana (Semadur), que apoia a equipe Socioambiental do Programa por meio de orientações técnicas para os envolvidos com as obras e com os atendimentos realizados “porta a porta” aos impactados.

O processo participativo adotado para o desenvolvimento das ações do Programa fez com que as demandas advindas dos impactados e os imprevistos de obras fossem resolvidos de forma ágil e eficiente.

Ações

As intervenções do Programa Reviva Campo Grande vão além da execução de calçadas e requalificação viária. Faz parte do pacote da requalificação, habitação social na área central para a retomada do adensamento local, ampliando e criando novas rotas acessíveis para pessoas com deficiência, estimulando a mobilidade ativa para facilitar os deslocamentos nesta região e fomentando o acesso ao comércio da região central por meio de corredores de transporte coletivo requalificado.

O ritmo acelerado das obras será retomado a partir da segunda quinzena de janeiro e a previsão de conclusão dos trabalhos é para o segundo semestre de 2022.

Escritório

Em decorrência do recesso de fim de ano, o atendimento no Escritório Local do Programa Reviva Campo Grande, que fica no prédio do Sesc Cultura, na Avenida Afonso Pena, está suspenso. Durante o mês de janeiro, quem precisar de informações sobre as obras no microcentro pode se dirigir à Unidade Gestora do Programa, que fica na Rua Manoel Secco Tomé, 143, no Jardim dos Estados.




Deixe seu comentário