Campo Grande, 24 de outubro de 2018

Blog do Manoel Afonso

Opinião e atitude no Mato Grosso do Sul

Política

Política • 05 out, 2018

Alckmin diz que PT é responsável pela crise; Haddad e Boulos ligam PSDB a Temer


Quero saber se o candidato vai manter o modo de governar do PT”, questionou o tucano a Haddad

O candidato do PSDB à Presidência, Geraldo Alckmin (PSDB), fez uma crítica aos governos do PT em sua pergunta, dizendo que eles foram responsáveis pela “grande crise” por que passa o País. Em resposta, Fernando Haddad (PT) e Guilherme Boulos (Psol), que fez a pergunta seguinte, tentaram ligar o PSDB ao governo do presidente Michel Temer.

“Quero saber se o candidato vai manter o modo de governar do PT”, questionou o tucano a Haddad. Em sua resposta, o petista lembrou que o governo Fernando Henrique Cardoso aumentou a carga tributária e teve, ao mesmo tempo, alta da relação dívida/PIB. Para o petista, os responsáveis pela crise foram o PSDB e a oposição ao segundo governo de Dilma Rousseff, que agiram para aprovar pautas bombas e acelerar o processo de impeachment. “Isso que levou país a crise, não política responsável da Dilma”, disse o petista, lembrando que o PSDB teve quatro ministros no governo do emedebista.

“O PT terceiriza a responsabilidade. O PSDB está fora do governo há 16 anos, o que FHC tem a ver com isso?”, retrucou Alckmin. “Quem quebrou o Brasil foi o PT e Dilma, quando disse que ia fazer o diabo para ganhar eleição. Nem PT nem Bolsonaro vão tirar o Brasil da crise”, defendeu.

Na pergunta seguinte, Boulos também relacionou o PSDB ao governo Temer, lembrando que o partido apoiou a reforma trabalhista. Em sua resposta, Alckmin disse que direitos não foram tirados. “É uma Inverdade o que está colocado. O que fizemos foi acabar com 17 mil sindicatos mamando no imposto sindical”, disse. O ex-governador aproveitou ainda para retrucar Haddad: “quem escolheu o Temer foi o PT, duas vezes.” (Marcelo Osakabe, Mateus Fagundes, Daniel Weterman e Daniel Galvão)

 Conteúdo Estadão



Deixe seu comentário