Campo Grande, 20 de junho de 2018

Blog do Manoel Afonso

Opinião e atitude no Mato Grosso do Sul

Política

Política • 12 mar, 2018

Deputados lamentam fala equivocada de vereador sobre manifestação de indígenas


08/03/2018 – 13:09 Por: Christiane Mesquita   Foto: Victor Chileno

 

 

 

O deputado estadual Pedro Kemp (PT), vice-líder do partido na Casa de Leis, ocupou a tribuna nesta manhã (8/3) para criticar a declaração feita na última segunda-feira (6/3) pelo vereador André Salineiro (PSDB), da Câmara Municipal de Campo Grande, sobre o protesto organizado dos indígenas na BR-163 entre as cidades de Campo Grande e Jaraguari, no Estado. “Foi um comentário desastroso e infeliz. Quando ele diz ‘vai ter que apanhar’ em relação aos indígenas não está respeitando o direito de manifestação garantido pela Constituição Federal”, declarou.

Pedro Kemp explicou os motivos do bloqueio da estrada. “Os indígenas estavam apenas reivindicando melhores condições no atendimento à saúde nas aldeias. O vereador, antes de falar algo tão contundente, deveria conhecer a realidade dos índios. Esse tipo de discurso deve ser repudiado veementemente. Se esta atitude que incita a violência resolvesse o problema, a Síria seria o céu”, considerou.O deputado estadual Zé Teixeira (DEM), 1º secretário da Casa de Leis, também analisou o assunto abordado. “A fala do vereador foi infeliz e aumenta a desunião que já existe entre os indígenas e a classe produtora. Também acredito que toda a violência é uma reação e os índios não fazem seus movimentos de forma exclusiva. Eles têm o direito de reivindicar, mas não de impedir o direito das pessoas de ir e vir, nem fazer destruição do patrimônio público. Os indígenas precisam mesmo é de uma atenção especial dos governantes, pois vivem em um estado de penúria. Não concordo com agressão, mas também não concordo com a baderna”, relatou.

O deputado Pedro Kemp falou sobre o direito às manifestações. “De um lado há o direito de manifestação, de outro o de ir e vir, o que sempre acontece nestas ocasiões é a polícia ir até o local para negociar com os manifestantes, como aconteceu neste caso, para liberar a rodovia. Todo direito tem que ser preservado dos dois lados, não podemos ter dois pesos e duas medidas no regime democrático”, afirmou.

Ao final de sua fala na tribuna, o deputado estadual Pedro Kemp relatou que o vereador André Salineiro havia feito um pedido de desculpas na Câmara Municipal de Campo Grande nesta manhã (8/3).




Deixe seu comentário