Campo Grande, 14 de agosto de 2020

Blog do Manoel Afonso

Opinião e atitude no Mato Grosso do Sul

Política

Política • 14 jul, 2020

Governo Estadual investe R$ 50 milhões na construção de 56 pontes de concreto


Beneficiando todas as regiões de Mato Grosso do Sul, o Governo do Estado, por meio da Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul), está investindo aproximadamente 50 milhões para a construção de 56 pontes de concreto armado; que na maioria dos casos irão substituir estruturas de madeira já desgastadas. Conforme a Agesul, nessa listagem foram contabilizadas 20 pontes que estão efetivamente em construção – com investimento de R$ 25 milhões, e outras 36 pontes já na fase de elaboração ou contratação dos projetos- que devem receber aplicação estimada de R$ 24,7 milhões.
A construção dessas estruturas faz parte do “Programa Mais Pontes”, criado pelo Governo do Estado para realizar, de forma programada, a substituição de pontes de madeira por pontes ou galerias de concreto: materiais mais duráveis e que requerem menos manutenção. “O ‘Programa Mais Pontes’ abrange os 79 municípios. Com a crescente expansão do agronegócio e o crescimento das cidades, atender a essas demandas é de suma importância para a manutenção da economia do Estado, além de viabilizar acessos e transformar a vida de muita gente”, afirmou o vice-governador e secretário de Infraestrutura, Murilo Zauith.
Das 56 pontes em execução – seja em fase de construção ou ainda em projetos-, quase 50 fazem parte das demandas listadas no “Governo Presente”, pacote de obras criado para atender as necessidades dos municípios nas áreas de saúde, educação, segurança e, em especial, infraestrutura.
As novas pontes de concreto, algumas de grande extensão, vão facilitar os acessos e dar mais segurança aos motoristas. Todas as regiões do Estado – Norte, Bolsão, Sudoeste, Pantanal, Sul fronteira, Grande Dourados e Conesul- serão atendidas. Além das rodovias estaduais que apresentam grande fluxo de veículos, também estão no “Programa Mais Pontes” aquelas localizadas em estradas vicinais.
Ponte sobre o Rio Aquidabã, em Porto Murtinho.
Em Construção
  • Com investimento de R$ 25.750.335,68, as pontes citadas abaixo já estão em construção:
  • Rio Aquidabã (Porto Murtinho\MS-382);
  • Córrego Roncador (Pedro Gomes\ estrada vicinal);
  • Ribeirão dos Bois (Água Clara \ MS-324);
  • Rio Iguatemi (Coronel Sapucaia\ estrada vicinal);
  • Rio Samambaia (Batayporã\ estrada vicinal);
  • Rio Cumandaí – dois trechos (Naviraí\ Avenida Weimar Gonçalves Torres \ Anel Viário de Naviraí);
  • Rio Negro (Rio Negro\ estrada vicinal);
  • Rio Negrinho (Rio Negro e Rio Verde de Mato Grosso);
  • Córrego Mimoso (Paraíso das Águas\ rodovia de acesso ao Laticínio);
  • Córrego Figueira (Coxim\ estrada vicinal);
  • Rio Aquidauana (na divisa dos municípios de Bandeirantes e Corguinho);
  • Rio Ribeirão Taguaruçu (Anastácio\MS -170);
  • Vazante II do Rio Branco (Porto Murtinho\MS-458);
  • Córrego Cascavel (Costa Rica);
  • 3 pontes na MS-243 \Fazenda Jatobá (Corumbá).
  • Córrego Cachoeira (Maracaju)
  • Córrego Taquaruçu (divisa de Nioaque\Anastácio)
Ponte Rio Negrinho, em Rio Verde de Mato Grosso.
Ponte na MS-243, na fazenda Jatobá, em Corumbá.
Projetos
Apesar de estarem ainda na fase de elaboração ou contratação do Projeto Executivo de Engenharia, Estudo e Orçamento, as pontes citadas abaixo devem receber mais de R$ 24,7 milhões de investimento para serem erguidas. Por enquanto, na fase dos projetos, os gastos são de pouco mais de R$ 798 mil.
  • Córrego Cachoeira (Dois Irmãos do Buriti); Córrego Taguaruçu (Dois Irmãos do Buriti); Rio Dois Irmãos (Dois Irmãos do Buriti);
  • Rio Maracaí (Iguatemi);
  • Córrego Toro (Naviraí\ MS-290) e Rio Amambaí (Itaquiraí\ MS290);
  • Córrego da Lata, Córrego Dourado, Rio Iguatemi e Córrego Pacova (Iguatemi e Japorã \ MS-386);
  • Córrego Tapa, Córrego Corredeira, Córrego Desencano e Córrego Canastrão (Terenos\MS-355);
  • Vazante I, II, III do Inhumas (3 pontes Rio Negro\ MS-228);
  • Rio Verde (Rio Verde de Mato Grosso \estrada vicinal);
  • Rio Piripucu (Bela Vista\MS- 472);
  • Rio Bacuri (estrada vicinal\ Bonito);
  • Rio Saiju (Caarapó\ estrada vicinal);
  • Rio Ribeirão das Botas (divisa de Campo Grande e Jaraguari\CG-150);
  • Córrego Caarapó (Caarapó\ estrada vicinal);
  • Córrego Barreiro (Divisa de Rochedo com Bandeirantes);
  • Rio São Domingos (Água Clara\ MS-245);
  • Córrego Laranja Doce (divisa de Dourados e Douradina\ estrada do Barro Preto- vicinal);
  • Rio Dourados (divisa de Deodápolis e Douradina);
  • Rio Guiambé (Laguna Carapã);
  • Rio Miranda (Passo do Lontra\Corumbá);
  • Rio Taquara (Laguna Carapã\ MS-378);
  • Rio Branco (Porto Murtinho\ estrada vicinal);
  • Rio Inhumas; Rio Coxim; Vazante Corixão (estrada vicinal \ Rio Verde de Mato Grosso e São Gabriel do Oeste);
  • Rio Midaque (Nioaque);
  • Rio Aporé (Paranaíba \ MS-434).
Obra concluída na ponte sobre o Rio Cervo no município de Bandeirantes.

Entregas

Em 2020 foram entregues três pontes de concreto armado: Córrego das Antas (40 metros de extensão), Rio Pirajuí (25 metros de extensão) e Córrego Vacadiga (60 metros de extensão). Em 2019 o Governo do Estado finalizou a ponte sobre o Rio Cervo (20 metros de extensão), Rio Salobra (50 metros de extensão) e Rio Barreiro (60 metros de extensão).
Ponte sobre o Córrego Vacadiga, com 60 metros de extensão, já foi concluída.
Por: Luciana Brazil, Seinfra/Agesul.
Fotos: Agesul



Deixe seu comentário