Campo Grande, 10 de dezembro de 2018

Blog do Manoel Afonso

Opinião e atitude no Mato Grosso do Sul

Política

Política • 09 out, 2018

MDB adia decisão de apoio no 2º turno


Decisão seguirá o consenso do que for melhor para o “grupo político” do MDB e coligados, conforme adiantou Junior Mochi (MDB)

O MDB deve definir somente na próxima quinta-feira (11) qual dos dois candidatos na disputa do segundo turno para governador do Estado, deve apoiar. Candidato a reeleição, Reinaldo Azambuja (PSDB) teve 44,61% dos votos, ou 571.337 no total. Enquanto seu oponente, Odilon de Oliveira (PDT), chegou a 31,67% da preferência dos eleitores, ou 405.606.

Durante encontro, desta segunda-feira (08) no Diretório Regional do partido, em Campo Grande, prefeitos e candidatos da sigla, assim como apoiadores e principais lideranças de partidos coligados, se reuniram para adiantar as discussões.

De acordo com o presidente da Assembleia Legislativa, Junior Mochi (MDB), a ocasião serviu para que todos fossem ouvidos e defendessem seus pontos de vista, para uma tomada de decisão que seguirá o que for melhor para todo o “grupo politico” e não só o critério “individual”, explicou.

“Vamos procurar construir um consenso, levando em consideração algumas exceções, existem particularidades a serem consideradas e também respeitando as condições locais de cada município. Além de conversar com as duas lideranças para saber como querem e o que esperam do nosso apoio”, pontuou.

Candidato do MDB no primeiro turno, Mochi ficou em terceiro lugar na disputa, com 150.115 votos (11,61% do total). Devem participar da próxima reunião na quinta-feira (10) os senadores do partido, Simone Tebet e Moka que atendem a compromissos em Brasília

Adriano Fernandes e Geisy Garnes

Fonte – Campo Grande news




Deixe seu comentário