Campo Grande, 31 de outubro de 2020

Blog do Manoel Afonso

Opinião e atitude no Mato Grosso do Sul

Política

Política • 24 fev, 2019

O Tempo ( Poema de Mario Quintana)



 

A vida é o dever que nós trouxemos para fazer em casa.
Quando se vê, já são seis horas!
Quando de vê, já é sexta-feira!
Quando se vê, já é natal…
Quando se vê, já terminou o ano…
Quando se vê perdemos o amor da nossa vida.
Quando se vê passaram 50 anos!
Agora é tarde demais para ser reprovado…
Se me fosse dado um dia, outra oportunidade, eu nem olhava o relógio.
Seguiria sempre em frente e iria jogando pelo caminho a casca dourada e inútil das horas…
Seguraria o amor que está a minha frente e diria que eu o amo…
E tem mais: não deixe de fazer algo de que gosta devido à falta de tempo.
Não deixe de ter pessoas ao seu lado por puro medo de ser feliz.
A única falta que terá será a desse tempo que, infelizmente, nunca mais voltará.


Comentários

  1. Edna Maria de Sousa disse:

    Adoro esse poema O tempo eu tomei conhecimento desse poema aos 36 anos hj tenho 55 e é simplesmente apaixonante.

  2. Marineide Ruiz disse:

    Lindo, amei, muito real!…
    E quem tiver tempo que ainda aproveite.

  3. […] Fonte: O Tempo ( Poema de Mario Quintana) – Blog do Manoel Afonso […]

  4. Luciana disse:

    É um poema muito profundo e bonito

  5. Marilene Moraes Resende disse:

    Belo poema, e nós deveríamos dar mais valores a nossa vida e das pessoas que amamos e gostaríamos de estar sempre por perto, mas nós mesmos distanciamos uns dos outros, sempre deixamos para mais tarde, na próxima semana, e assim nunca encontramos esse tempo… Deixamos de ser felizes por medo das críticas das pessoas, por nós julgarem se já estamos velhas e assim vivemos no tédio da solidão.

    Grata

    Marilene Moraes

  6. Noemi disse:

    O tempo

  7. Ademar S. de Souza disse:

    Uma mensagem que dar pra sentir e peceber que os paredões das nuvens há minha frente

  8. Wenceslau disse:

    Maravilha é compartilhar esses belos textos…

  9. Ina Sena disse:

    É verdade,o tempo passa e fica somente a saudade .

  10. suelen disse:

    as vezes penço se nao te conhecese o amor teria parado na minha porta? mas parei e pensei que o tempo nao estava a minha espera mas eu estava esperando o tempo nos unir mas quando pisquei voce nao estava mais ali mas na verdade eu deveria ter ter falado do meu amor do nosso amor mas esperei o tempo e o tempo nao nos serve como garçon escrito por sthefany minha irma com amor



Deixe seu comentário