Campo Grande, 15 de novembro de 2019

Blog do Manoel Afonso

Opinião e atitude no Mato Grosso do Sul

Política

Política • 02 out, 2018

Palocci diz que Lula pediu recursos ilícitos para campanha de Dilma


O ex-ministro dos Governos Dilma e Lula, Antonio Palocci, afirmou, em delação premiada, que o ex-presidente Lula pediu para que ele gerisse e empregasse recursos ilícitos na primeira campanha de Dilma Rousseff ao Palácio do Planalto.

Palocci diz ter participado de reunião, no início de 2010, na biblioteca do Palácio da Alvorada, com Lula, Dilma e José Sérgio Gabrielli, à época presidente da Petrobras e atual coordenador-geral da campanha de Fernando Haddad. No encontro, Lula teria pedido a Gabrielli para que a estatal encomendasse a produção de 40 sondas “para garantir o futuro político do país e do Partido dos Trabalhadores com a eleição de Dilma Rousseff, produzindo-se os navios para exploração do pré-sal e recursos para a campanha que se aproximava”.

Ainda de acordo com Palocci, Lula teria, na mesma reunião, pedido para que ele fosse o responsável pela gestão e emprego dos recursos ilícitos na campanha de Dilma Rousseff. Esta, segundo o ex-ministro, “foi a primeira reunião realizada por Lula em que explicitamente tratou da arrecadação de valores a partir de grandes contratos da Petrobras”.

Lula sabia de corrupção na Petrobras desde 2007

Antonio Palocci detalhou na delação premiada o suposto loteamento de cargos na Petrobras com o fim de captação de recursos para campanhas petistas. No primeiro termo de sua colaboração com a Polícia Federal, tornado público nesta segunda-feira, 1, pelo juiz federal Sérgio Moro, ele reafirma que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva teria conhecimento de esquemas de corrupção na estatal.

(Jornal do Brasil)

Leia Mais »




Deixe seu comentário