Campo Grande, 14 de agosto de 2020

Blog do Manoel Afonso

Opinião e atitude no Mato Grosso do Sul

Política

Política • 07 out, 2018

Reinaldo e Odilon disputam 2º turno


Mato Grosso do Sul teve 21,22% de abstenção, conforme números disponibilizados pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Foram 398.287 eleitores que não compareceram às urnas nas eleições deste ano. Os números oficiais mostram ainda 68.779 (4,65%) que optaram por brancos  e outros 116.509 (7,88%) anularam o voto para o governo.

No Estado são 1.876.929 pessoas aptas a votar no pleito atual.

Reinaldo Azambuja (PSDB) terminou na frente com 576.993, seguido pelo juiz aposentado Odilon de Oliveira, que teve 408.969. A terceira posição é do emedebista Júnior Mochi, totalizando 150.115.

O candidato Humberto Amaducci (PT) aparece em seguida com 132.638 votos. Marcelo Bluma (PV) e João Alfredo (PSol) têm 16.544 e 8.095, respectivamente.

Já o candidato à presidência, Jair Bolsonaro (PSL) tem esmagadora maioria em Mato Grosso do Sul. Ele foi a opção de 769.116 eleitores, seguido por Fernando Haddad (PT), com 333.407 .

O candidato do PDT, Ciro Gomes somou 112.296, seguido por Geraldo Alckmin (PSDB) e João Almoedo (Novo), ficaram entre os mais votados com 90.897 e 26.491 votos, respectivamente.

Os senadores eleitos foram Nelsinho Trad (PTB), com 424.085 e Soraya Tronicke (PSL), que recebeu 373.712.




Deixe seu comentário