Campo Grande, 23/06/2024 03:34

Blog do Manoel Afonso

Opinião e atitude no Mato Grosso do Sul

Campo Grande

Campo Grande • 20 fev, 2018

ALMS inicia preparação técnica dos estudantes eleitos para o Parlamento Jovem


O presidente Junior Mochi ressaltou a importância do despertar para participação no processo político

 

19/02/2018 – 10:23 Por: Heloíse Gimenes   Foto: Wagner Guimarães

O entusiasmo marcou o primeiro dia de capacitação dos deputados estudantes do Parlamento Jovem, realizada na Assembleia Legislativa, nesta segunda-feira (19/2). Os 48 alunos eleitos da 6ª edição do programa contam com coragem e determinação para defender o interesse da juventude sul-mato-grossense. As atividades foram abertas pelo presidente Junior Mochi (PMDB) e o 2º secretário Amarildo Cruz (PT).

 

São 24 titulares e 24 suplentes, que terão mandato de dois anos (2018/2019). “Vou trazer para o Parlamento as dificuldades que os jovens atravessam neste século. Somos vítimas do desemprego e estamos a mercê da marginalização. É preciso ações que tirem os adolescentes da prostituição e do mundo das drogas. A violência está matando o nosso futuro”, disse a estudante Ana Carolina 16 anos, suplente e representante da Escola Estadual Arlindo de Andrade Gomes.

 

Já a deputada Eduarda Azambuja, 16 anos, da Escola Estadual Amélio de Carvalho Baís, vai debater a situação das escolas em tempo integral. “Vejo o quanto os alunos das escolas integrais precisam de cuidado. Na época de muito calor, muitas passam mal. Não temos o básico, como kits de primeiros socorros”. Da Escola Estadual Maria Constança Barros Machado, Gustavo Andrade, 15 anos, promete atuar em defesa dos ensinos fundamental e médio.

 

Coordenadora da Escola do Legislativo Ramez Tebet, Cheila Vendrami, disse que o Parlamento Jovem irá despertar o interesse dos jovens pela agenda política e pelo exercício da participação democrática. “Fizemos algumas mudanças no projeto, como o aumento do mandato para dois anos e a inclusão da Rede Municipal de Ensino, com a participação dos alunos do 8º ano e 9º ano. Ao conviver o dia a dia da Assembleia, os deputados estudantes colocam a cidadania em prática e observam que, pelas decisões democráticas, chegaremos a um Estado e um País melhores para todos”.

 

Oportunidade e Participação  

 

Nas boas-vindas aos deputados estudantes, o presidente Mochi ressaltou a importância do despertar para participação no processo político. Ele ainda comentou sobre a experiência para a vida de cada jovem eleito. “Além de aprenderem a dinâmica do Poder Legislativo, eles terão despertado o interesse da participação e, quem sabe, serão futuros legisladores. É um espaço de conhecimento, que certamente será referência para muitas decisões da vida de cada um”, afirmou.

 

O deputado Amarildo Cruz lembrou que nenhum dos parlamentares teve a oportunidade de participar de um canal como o Parlamento Jovem. “Por isso, a Assembleia quer consolidar o projeto, pois se trata de uma ferramenta de conhecimento e da efetiva participação popular. Defender ideias, acreditar que é possível fazer o melhor, dinamismo, vontade de trabalhar e ter coragem de realizar o enfrentamento necessário. Essas são as nossas dicas para que os deputados estudantes escrevam a história da 6ª edição”, destacou.




Deixe seu comentário