Campo Grande, 21/05/2024 13:37

Blog do Manoel Afonso

Opinião e atitude no Mato Grosso do Sul

Cultura

Cultura • 14 maio, 2024

Hoje no Senado Claudia Gaigher lança livro sobre o Pantanal


Após lançar o “Diário de Uma Repórter no Pantanal” em Mato Grosso do Sul – nas cidades de Campo Grande e Corumbá-, São Paulo, Rio de Janeiro e Espírito Santo – em Cachoeira de Itapemirim -, a jornalista Cláudia Gaigher que vivenciou as maiores belezas do Pantanal e as consequências mais evidentes do desequilíbrio ambiental, apresenta sua obra literária em Brasília, no Salão Negro do Congresso Nacional, na próxima terça-feira (14).

“Diário de Uma Repórter no Pantanal” dá voz ao bioma com cerca de 30 histórias saborosas dos bastidores de reportagens carregadas de informações e urgências.“Com convite do senador Nelsinho Trad, que é daqui (MS), a gente se conhece, ele também sabe desse meu amor pelo Pantanal. Então, a gente vai fazer esse lançamento no Salão Negro no dia 14 de maio, a partir das 16h. Espero você, a gente vai ter uma roda de conversa, eu vou estar lá. Vai lá para você conhecer um pouco mais de mim e do nosso Pantanal. Te espero”, convida a jornalista.

A proposta da escritora e da Editora Documenta Pantanal, que propôs a publicação do livro, é mostrar ao mundo, por meio de documentários, fomento de publicações e conteúdos diversos, a maravilha que é a maior planície alagada do mundo. “Eu recebi o meu exemplar, logo após o lançamento em Campo Grande, esse livro oferece muito conhecimento e conscientização sobre a necessidade de preservar o nosso bioma pantaneiro. Não existe ninguém que tenha tanta experiência de promover reportagens no Pantanal como a Cláudia. E ela vai estar aqui, no Senado da República, para apresentar esse livro, que é uma verdadeira aventura no recanto do Pantanal. Nós que defendemos tanto o Pantanal, somos do Mato Grosso do Sul, estamos convidando você para fazer parte desse evento”, comentou o senador Nelsinho Trad.

Há 26 anos, a jornalista, natural do Espírito Santo, recebeu a missão de desbravar o jornalismo em Mato Grosso do Sul e o Brasil passou a conhecer o Pantanal sul-mato-grossense. Após cada reportagem, a jornalista registrava suas impressões e transformou – com apoio do Documenta Pantanal – em um livro. “Posso dizer que conheci a maior parte desse bioma, cada cantinho. E nesses anos todos, sempre que eu ia fazer uma reportagem, eu pesquisava muito sobre o assunto, lia artigos científicos, conversava com esses pesquisadores, com as comunidades tradicionais, com os pantaneiros, para aprender com eles. E foram muitas descobertas. Sempre que eu estava preparando algum assunto para fazer uma reportagem e mergulhava naquilo e ao voltar, eu colocava tudo no papel, escrevia as minhas impressões, o que eu senti, o que eu vi, o que eu aprendi”, recordou Cláudia Gaigher.

Mais informações: Assessoria de Imprensa Neiba Ota – (67) 99205 6027Samyra Galvão – (61) 98383-5060




Deixe seu comentário