Campo Grande, 18/06/2021

Blog do Manoel Afonso

Opinião e atitude no Mato Grosso do Sul

Política

Política • 05 maio, 2021

Alívio e emoção no início da vacinação de gestantes e puérperas na capital


Nesta terça-feira (04) a Prefeitura de Campo Grande iniciou a vacinação de gestantes e púerperas -mulheres com até 45 dias pós-parto –  contra a Covid-19. Na chegada da fila ao momento de se vacinar, o alívio e a emoção era evidente entre as dezenas de mulheres que comparecem aos locais de imunização. A abertura da vacinação deste público ocorreu durante a tarde e foi acompanhada pelo prefeito Marquinhos Trad e outras autoridades do município e Estado
( Foto: Denilson Secreta ) – 

 

Na ocasião, o prefeito comemorou a marca de cerca de 300 mil doses de vacinas aplicadas em Campo Grande e destacou a importância de avançar cada vez mais.

“Hoje estamos com mais de 20% da nossa população vacinada. A cada novo público que inserimos no calendário da vacinação,é um passo amais no combate a essa doença. Campo Grande não tem medido esforços para que a gente possa vencer a pandemia. É um trabalho incansável. Durante a manhã, tarde, noite, fim de semana e feriados. Estamos fazendo a nossa parte e continuamos pedindo o apoio da população”, disse.

Grávida do segundo filho, a educadora Karine Simões sabe muito bem o que é conviver com o temor e a incerteza provocada por uma doença. Em sua primeira gestação, o Brasil enfrentava uma epidemia de Zika, doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti. A infecção pelo Zika vírus na gravidez representa risco para o bebê, isso porque o vírus consegue atravessar a placenta e atingir o cérebro do bebê e comprometer o seu desenvolvimento, resultando na microcefalia e outras alterações neurológicas, como falta de coordenação motora e deficiência cognitiva.

“A preocupação era muito grande, diante da possibilidade dele desenvolver alguma doença, caso eu fosse infectada.  Agora, estamos enfrentando outro vírus assustador e esse receio veio a tona novamente.  Por isso, acredito que a vacina  seja muito importante e representa um sopro de esperança “, disse.

O entusiasmo e sentimento de esperança é compartilhado pela jornalista Adeline Bacelar, que compareceu nesta tarde no Centro de Vacinação Guanandizão para receber a sua primeira dose.

“Desde o início da gestação tenho me cuidado ao máximo para evitar contrair a Covid-19. É um alívio e uma alegria tremenda poder tomar a vacina hoje e saber que eu e a minha bebê estaremos imunizadas”, disse.

Conforme a Associação de Ginecologia e Obstetrícia de Mato Grosso do Sul, somente nos três primeiros meses deste ano, foram  registrados 16 óbitos maternos, sendo seis por Covid-19. O número é o equivalente ao registrado durante todo o ano de 2020.

A vacinação de gestantes e puérperas segue nesta quarta-feira, dia 05 de maio, no Drive-thru Ayrton Senna, Drive-thru Albano Franco, Drive-thru Cassems e no Guanandizão, de 7h30 às 22h.

Para evitar filas e aglomeração, a orientação é realizar o cadastro no sistema de identificação prévia, através do site: http://vacina.campogrande.ms.gov.br 




Deixe seu comentário