Campo Grande, 18/07/2024 09:34

Blog do Manoel Afonso

Opinião e atitude no Mato Grosso do Sul

Artigos

Artigos • 23 set, 2018

O triplo mortal e uma boa notícia (Elio Gaspari)


O ministro Gilmar Mendes deu um salto triplo carpado no processo judicial ao soltar Beto Richa.

Já há uma meia dúzia de petições de encarcerados pedindo isonomia. Como ele é o juiz prevento para esses casos, cabe-lhe fazer a festa, ou não.

No recurso contra a libertação de Richa, a procuradora-geral Raquel Dodge disse que o ministro habilitou-se para o título de “revisor direto e universal de todas as prisões temporárias do país”.

Se Gilmar colocar a sua decisão para que o plenário a compartilhe, de duas uma: transforma o Supremo em Casa de Libertação ou perde o título. Enquanto não o fizer, continua a ser o “supremo revisor”.

——————————————————-

Enquanto Temer nomeia diretores de agências reguladoras para mandatos que se estenderão pelo governo de seu sucessor, o procurador Carlos Fernando Santos Lima decidiu aposentar-se no início do próximo ano e abandonou a equipe da Lava Jato na semana passada.

Fez isso para se afastar das informações sigilosas que circulam na Procuradoria em Curitiba.

O doutor tem 54 anos. Ao que se supõe, quando deixar o serviço público advogará para empresas interessadas em trabalhar direito. Nada ver com larápios.

*Publicado na Folha de S.Paulo




Deixe seu comentário