Campo Grande, 29/05/2024 21:27

Blog do Manoel Afonso

Opinião e atitude no Mato Grosso do Sul

Política

Política • 14 maio, 2024

Campo Grande; Profissionais disputam a final do SuperChef Merendeira


Representantes de seis municípios integrantes do programa Cidade Empreendedora, executado pelo Sebrae/MS em parceria com as prefeituras, foram classificadas para a etapa estadual

Profissionais de cozinha das Redes Municipais de Ensino demonstraram a importância da merenda escolar para o desenvolvimento das crianças ao apresentarem, de fevereiro a maio deste ano, receitas nutritivas e saborosas para um time de jurados. Em seis municípios de Mato Grosso do Sul, pertencentes ao programa Cidade Empreendedora, executado pelo Sebrae, em parceria com as Prefeituras Municipais, foram escolhidos os melhores pratos elaborados e que agora disputam a grande final do SuperChef Merendeira.

A etapa estadual da competição, que será realizada nesta quinta-feira (16), em Campo Grande, é organizada pelo Sebrae/MS e conta com o apoio do Sistema Fecomércio, por meio do Senac MS. Esta fase da disputa acontece pela manhã, no prédio do Senac Turismo e Gastronomia, quando os participantes serão divididos em dois grupos para preparar as receitas e apresentá-las a uma banca de jurados composta por cinco avaliadores.

Na mesma data, no período noturno, será promovida a cerimônia de premiação quando serão reconhecidos os três melhores pratos, sendo classificados em 1º, 2º e 3º lugar. O evento será no hall do Sebrae/MS e transmitido, ao vivo, no canal do Sebrae no Youtube, por meio do link bit.ly/FinalSuperChefMerendeiras2024.

Segundo a diretora-técnica do Sebrae/MS, Sandra Amarilha, mais do que valorizar o trabalho desenvolvido pelas merendeiras, o intuito do desafio foi promover a qualificação profissional e incentivar o uso de produtos da agricultura familiar nas receitas preparadas, fomentando a compra dos itens pelas Prefeituras Municipais o que fortalece o empreendedorismo no campo.

“O SuperChef Merendeira reconhece o trabalho que é feito nas escolas, pelas merendeiras e nutricionistas, o empenho dos produtores da agricultura familiar, e a atuação do poder público em fornecer alimentos de qualidade para os estudantes. É uma ação de valorização profissional e fomento ao empreendedorismo, pois quando a prefeitura garante um cardápio adequado para as crianças com itens de produtores locais, garante renda para as famílias rurais e fomenta o desenvolvimento dos municípios”, destacou Amarilha.

De acordo com o diretor do Senac MS, Vitor Mello, além do apoio à agricultura familiar, a iniciativa se faz relevante por incentivar o aprimoramento das técnicas aplicadas pelas profissionais nas escolas. “O projeto se destaca por levar qualificação profissional às merendeiras que já estão inseridas no mercado de trabalho, então, para o Senac, é de grande valia fazer parte dessa ação por contribuir para a melhoria do desempenho dessas profissionais e auxiliar no processo de crescimento profissional”, ressaltou o diretor.

Sobre a etapa estadual

Participam da etapa estadual representantes dos municípios de Aparecida do Taboado, Brasilândia, Deodápolis, Ladário, Miranda e São Gabriel do Oeste. Cada finalista foi selecionada a partir da etapa municipal, realizada nos municípios, em parceria com as prefeituras, e concorre na etapa estadual com a receita que garantiu o primeiro lugar na cidade onde mora.

Para a criação dos pratos, não foi permitido o uso de alimentos ultraprocessados. Além disso, foi preciso utilizar a carne bovina, suína, de frango ou de peixe como proteína principal e incluir, no mínimo, três itens da agricultura familiar previstos no edital.

Os critérios foram adotados para incentivar os municípios a adquirirem os itens dos produtores locais, uma exigência prevista pelo Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), além de estimular a criação de cardápios mais saudáveis a partir de hortaliças, leguminosas e frutas. Nos seis municípios, foram realizados workshops para auxiliar os profissionais a melhorarem a técnica de manipulação de alimentos e o preparo de receitas e, ao todo, 150 profissionais foram capacitadas.

Na grande final do SuperChef Merendeira, os pratos serão avaliados por uma banca de jurados composta profissionais convidados, como Rafael Gomes, vencedor do programa MasterChef em 2018. Formado em gastronomia pelo Institute of Culinary Education, em Nova York, o renomado chef é destaque no setor, principalmente, pelo domínio técnico e criatividade. Em 2023, ele foi eleito Chef do Ano, segundo o Prêmio Comer & Beber, da Veja Rio.

Também compõem a comissão avaliadora a nutricionista da secretaria de Estado de Educação, Adriana Rossato Souza, e três profissionais que atuam no Senac MS: Míriam Arazini, consultora de gastronomia; Vera Krabbe, docente de Turismo e Gastronomia e Melina Ribeiro Fernandes, nutricionista e docente de Turismo e Gastronomia.

Conheças as finalistas:

Brasilândia: Bia de Lima Doó, com o prato “Arroz temperado com a farofa da Tia Bia”;

Deodápolis: Marta Soares, com o prato “Galinhada nutritiva”;

Ladário: Marilza Mendes de Souza, com o prato “Tilápia à moda pantaneira”;

Miranda: Sara Ramirez Aragão, com o prato “Bobó nutritivo”;

São Gabriel do Oeste: Mônica Morais Batista, com o prato “Maravilha de frango”.

Mais informações sobre o programa Cidade Empreendedora podem ser obtidas por meio do número 0800 570 0800 ou pelo site cidadeempreendedora.ms.sebrae.com.br.




Deixe seu comentário