Campo Grande, 15/07/2024 02:07

Blog do Manoel Afonso

Opinião e atitude no Mato Grosso do Sul

Política

Política • 09 jul, 2024

Comissão da Câmara quer esclarecimentos contra possível aumento de impostos de pneus


Requerimento convida, Ministério da Indústria, CAMEX e ANTT, entidades do setor dos caminhoneiros e produtores de pneus

Um requerimento foi aprovado na Comissão de Viação e Transporte da Câmara dos Deputados para realização de uma audiência pública entre parlamentares, representantes do executivo, entidades ligadas aos caminhoneiros e ao setor de pneus para discutir os impactos econômicos e sociais de um possível aumento da tarifa de importação dos pneus.

A possibilidade do reajuste da tarifa de importação de pneus, solicitada pela ANIP (Associação Nacional da Indústria dos Pneumáticos), chamou a atenção nas últimas semanas e têm causado preocupações nos setores ligados ao transporte.

A associação que representa as maiores empresas de pneus que atuam no Brasil quer que a tarifa de importação dos pneus suba de 16% para 35%. Caso isso ocorra, haverá aumento nos custos dos pneus, do frete e impactos na inflação.

O presidente da ABIDIP (Associação Brasileira dos Distribuidores e Importadores de Pneus), Ricardo Alípio da Costa, diz que “o momento é inoportuno para se pensar em aumento do imposto de importação, pois o cenário mudou criticamente contra os pneus importados e a favor dos pneus nacionais nos últimos 45 dias em que o frete marítimo saltou de 2 mil para 9 mil dólares o contêiner e o dólar disparou e a moeda brasileira está batendo recorde atrás de recorde de desvalorização”, diz.

O pneu, segundo insumo mais caro para os caminhoneiros, perdendo apenas para o óleo diesel, deve ter reajuste de 20% caso o aumento da tarifa de importação seja aprovada.

O requerimento convida representantes do Ministério da Indústria e Comércio, Câmara de Comércio Exterior, Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos (CNTA), Associação Nacional da Indústria dos Pneumáticos (ANIP), ABIDIP (Associação Brasileira dos Distribuidores e Importadores de Pneus), NTC&Logística (Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística) e COANA (Coordenação-Geral de Administração Aduaneira da Receita Federal).

O texto do requerimento cita “a importância do tema para os mais de 615 mil caminhoneiros autônomos do Brasil, é fundamental ouvir todas as partes interessadas para buscar uma solução equilibrada e justa”.

O pedido de aumento da tarifa de importação dos pneus se encontra no Comitê de Alterações Tarifárias da CAMEX para avaliação técnica e posterior referendo do Comitê Executivo de Gestão – GECEX, composto por dez ministérios.

Imprensa – ABIDIP

Corporate Relações Públicas

11 984885084 – Henrique Beirangê




Deixe seu comentário