Campo Grande, 23/06/2024 07:19

Blog do Manoel Afonso

Opinião e atitude no Mato Grosso do Sul

Política

Política • 24 maio, 2024

Em alta, Barbosinha recepciona presidente da Funai em Dourados


 

A distribuição mensal de 19.899 cestas alimentares, com mais de 25 quilos cada, em 86 aldeias de 55 municípios, garante segurança alimentar à população indígena. Foi o que constatou, nesta quinta-feira (23), em Dourados, a presidente da Funai, Joenía Wapichana, que esteve no Município acompanhada do vice-governador Barbosinha, para a apresentação de mais uma etapa do PPA, o Programa de Aquisição de Alimentos do Governo para as comunidades. Cada cesta alimentar é composta por 21 itens.

O Governo de Mato Grosso do Sul também implantou o Programa MS Supera, que concede benefício social no valor de um salário mínimo a estudantes de baixa renda, de cursos de educação profissional técnica de nível médio ou universitários de instituições públicas ou privadas no MS, oferecendo, inclusive, 400 vagas para a população indígena.

O repasse de R$ 9,2 milhões para 16 mil famílias por meio do PROACINQ (Programa de Apoio às Comunidades Indígenas e Quilombolas) na safra 2022/2023, destinado à aquisição de sementes, calcários, diesel e manutenção de máquinas e equipamentos agrícolas, estimulando formas alternativas de produção e geração de renda, beneficiou mais de 15 mil indígenas (de 21 municípios) e mil quilombolas.

Joenía veio de Brasília com as diretoras de Proteção Patrimonial, Maria Janete e de Promoção e Desenvolvimento Sustentável, Lucia Alberta e, na aldeia Jaguapiru, se encontrou com o prefeito Alan Guedes e parte do secretariado municipal e demais autoridades, como o Secretário Executivo de Agricultura Familiar, de Povos Originários e Comunidades Tradicionais, Humberto de Mello Pereira; o secretário-adjunto da Semadesc (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação), Walter Carneiro Júnior e demais autoridades locais para o lançamento simbólico do PPA junto com a comunidade reunida na escola Tengatuí Marangatu. Pela manhã, ela se reuniu na Governadoria em Campo Grande com lideranças das comunidades indígenas.

Estreitar relações

Durante a recepção na Reserva de Dourados, o vice-governador Barbosinha agradeceu, em nome do Governo, a visita da presidente da Funai e defendeu a importância do estreitamento dessas relações com representantes da União. “Com essas parcerias a gente fortalece os esforços que o Estado vem fazendo, com a Sesai, a Sanesul, o Ministério Público Federal e o Município, para equacionar, por exemplo, essa problemática da falta de água para grande parte das casas nas nossas aldeias e para estudarmos um projeto capaz de dotar de infraestrutura suficiente para o resgate da autoestima dos nossos irmãos indígenas”, defendeu o vice-governador.




Deixe seu comentário