Campo Grande, 29/05/2024 21:20

Blog do Manoel Afonso

Opinião e atitude no Mato Grosso do Sul

Política

Política • 30 abr, 2024

Lei de Marcio Fernandes proíbe transporte de animais em bagageiros


 

Médico veterinário e deputado estadual, Marcio Fernandes apresentou em 2018 uma lei que proíbe o transporte de animais domésticos em bagageiros de transporte terrestres em Mato Grosso do Sul. A medida busca evitar casos como do Joca, um cachorro que morreu depois de viajar de avião, por engano, entre São Paulo e Fortaleza, duas vezes seguidas, no mesmo dia.

Animal faleceu após horas de voo (João Fantazzini/Arquivo Pessoal)
Animal faleceu após horas de voo (João Fantazzini/Arquivo Pessoal)

Há uma semana o Brasil tem acompanhado o caso do cão da raça golden retriever durante o voo G3 1527 da empresa Gol. Em 2018 o deputado justificou que as empresas de ônibus, não tendo como assegurar a saúde dos animais transportados no compartimento de bagagem, mesmo com adaptações e cuidados durante as viagens, inclusive nas de percurso mais longo, levando os animais a sofrer por falta de água e comida.

Os bagageiros são originalmente projetados para carregar malas e caixas de passageiros, e principalmente risco à vida dos bichos transportados, isso porque malas e caixas podem se deslocar, vindo a atingir as caixas de transporte dos animais”, destacou o deputado e médico veterinário.
A Lei 5.269 foi sancionada em 21 de novembro de 2018 e consta que “os animais deverão ser acondicionados em caixas de transporte ou similares durante toda a sua permanência na cabine de passageiros do veículo”.

Conforme os parlamentares, a proposta foi motivada por sugestão do Ministério Público Estadual (MPE-MS), que expôs as más condições em que são transportados os animais domésticos em ônibus intermunicipais.

*Com informações da Agência Brasil




Deixe seu comentário