Campo Grande, 18/06/2021

Blog do Manoel Afonso

Opinião e atitude no Mato Grosso do Sul

Política

Política • 22 fev, 2021

Mudança no Governo prevê gestão estratégica no setor de obras públicas


Anúncio foi feito na manhã desta segunda-feira no Parque dos Poderes

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) oficializou nesta segunda-feira (22) a indicação de Eduardo Riedel para o comando da Seinfra (Secretaria de Estado de Infraestrutura), pasta que vinha operando interinamente pelo adjunto Luís Roberto Martins de Araújo, a partir da exoneração do vice-governador Murilo Zauith (DEM).

Ex-titular da Secretaria de Gestão Estratégica, Riedel é considerado um dos braços direitos do governador Reinaldo Azambuja e cai como uma luva dentro de uma pasta responsável por um vasto cronograma de obras públicas que vem contemplando os 79 municípios do Estado.

Na nova pasta, Riedel terá a missão de entregar, entre outros empreendimentos, os hospitais de Três Lagoas e Dourados, o Aquário do Pantanal, e estradas, principalmente na região do Pantanal.

O governo planeja um investimento de R$ 4,284 bilhões que serão distribuídos nas áreas de  saúde, segurança, infraestrutura, educação, esporte, lazer, assistência social, saneamento, cultura, espaços culturais.

A mudança promovida pelo governador prevê gestão estratégica no setor de obras públicas, uma vez que, além da nomeação de um dos principais secretários do Estado, Reinaldo Azambuja emplacou como adjunto o ex-presidente da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul) e ex-prefeito de Bataguassu, Pedro Arlei  Caravina, escolhido entre os melhores do Estado em ‘Modelo de Excelência de Gestão’.

Caravina governou Bataguassu por dois mandatos e deixou a prefeitura com alto índice de aprovação, graças a uma gestão responsável do ponto de vista fiscal e investimentos em infraestrutura e em outros setores que mudaram radicalmente a cara da cidade.

Além de ser escolhido um dos melhores prefeitos do Brasil, Caravina teve passagem elogiável pela Assomasul, onde tem trânsito livre e forte poder de articulação junto a prefeitos e prefeitos.  Ele também integrou o Conselho Político da CNM (Confederação Nacional de Municípios).

A gestão de excelência do prefeito premiou o município  de Bataguassu com o ‘Selo Prefeitura Destaque’, conferido pelo TCE-MS (Tribunal de Contas do Estado).

Caravina também foi agraciado com a “Outorga do Mérito de Contas”, conferido pelo conselheiro-presidente Iran Coelho das Neves, em comemoração aos 40 anos de existência do TCE-MS.

Ex-delegado de Polícia Civil, Caravina é amigo leal do governador Reinaldo Azambuja e um dos membros do diretório regional do PSDB, partido do chefe do Executivo.

CURRÍCULO 

Natural de Presidente Prudente, interior de São Paulo, Caravina tem 49 anos, é formado em Direito pela Universidade do Oeste Paulista (Unoeste) e pós-graduado em Gestão Pública Municipal pela UFMS ( Federal de Mato Grosso do Sul).

Aos 20 anos, iniciou sua carreira na segurança pública como investigador de Polícia Civil, função que exerceu até 1999, em Presidente Prudente. Em setembro do mesmo ano, foi aprovado no concurso de Delegado de Polícia em Mato Grosso do Sul, onde passou a trabalhar na Delegacia Especializada de Roubos e Furtos, em Campo Grande.

No final de 2.000, foi transferido a pedido para Bataguassu, onde passou a exercer a função de delegado adjunto e no ano seguinte, assumiu a titularidade da unidade policial.

Entre os feitos, está à implantação do projeto “Polícia Itinerante”, atendendo e orientando estudantes das escolas rurais; promoção de palestras em combate ao uso de drogas em escolas estaduais e municipais; coordenação de eventos e participação em atividades sociais, entre elas, a fundação da Associação Amor & Vida, que trata de dependentes químicos e apoio na criação da Associação Alcoólicos Anônimos (AA) do município.

Em 2012, foi eleito prefeito do município de Bataguassu com 7.825 votos e em 2016, reeleito para mais quatro anos (conclui mandato em dezembro de 2020). É casado com Wanderleia Duarte Caravina e tem duas filhas: Thais e Bruna.

Fonte – Conjuntura online

Por Willams Araújo




Deixe seu comentário