Campo Grande, 27/05/2024 11:44

Blog do Manoel Afonso

Opinião e atitude no Mato Grosso do Sul

Política

Política • 13 maio, 2024

Rodolfo Nogueira cobra Marina Silva e Ibama sobre carcaças na tragédia do RS


Durante reunião que ocorreu na última terça-feira (7), na Comissão de Agricultura (CAPADR), o deputado federal Rodolfo Nogueira (PL-MS) questionou a atuação da ministra do Meio Ambiente Marina Silva e do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) em relação as carcaças de animais mortos decorrentes das tragédias que aconteceram no Estado do Rio Grande do Sul.
“Onde está a ministra do Meio Ambiente? Onde está o Ibama? Ministra Marina, ao invés da senhora ficar elogiando a endemoniada da Madonna, a senhora deveria estar preocupada com o povo gaúcho. Por que o Ibama não está fazendo o recolhimento de animais silvestres e domésticos no RS? Por que o Ibama já não se mobiliza para recolher as carcaças de animais mortos? Essas carcaças vão trazer doenças, infecções para a população”, questionou Nogueira.
Com as constantes chuvas no Rio Grande do Sul, os rios Taquari, Jacuí e Caí, que desembocam no lago Guaíba se encheram a ponto de atingir o maior nível histórico, com mais de cinco metros de profundidade. Mais de 400 municípios ficaram debaixo d’água, ocasionando mortes de pessoas e animais. A preocupação do parlamentar é em relação as doenças que essas carcaças de animais podem acarretar para a população.
“O governo federal é um descaso total, de presidente a ministros, vemos apenas insensibilidade para com o povo gaúcho”, lamentou Nogueira.

Ainda durante a reunião na Comissão, os parlamentares conversaram sobre estratégias para ajudar a reconstruir o RS, um dos estados que mais produz arroz nacional, atingindo 70% do total da produção. Em relação à soja, a lavoura do estado representou 8,4% do país em 2023 e, com o crescimento esperado para este ano, passaria a representar 14,8%, ficando atrás apenas de Mato Grosso. O estado também se destaca na pecuária.




Deixe seu comentário