Campo Grande, 19/06/2024 18:38

Blog do Manoel Afonso

Opinião e atitude no Mato Grosso do Sul

Política

Política • 04 out, 2022

Apoio no segundo turno movimenta partidos derrotados em de outubro


Ao menos cinco legendas devem discutir, até quarta-feira (5), o posicionamento para a disputa presidencial entre Lula e Bolsonaro

( de Brasília) -Os partidos políticos começam a se reunir nesta semana para definir apoios para o segundo turno da disputa presidencial entre Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Jair Bolsonaro (PL).

Após a apuração, a candidata Simone Tebet (MDB), que terminou em terceiro lugar no pleito, declarou que sua decisão já estava tomada e que daria 48 horas para as legendas que fazem parte da sua candidatura — MDB e a federação entre PSDB e Cidadania — se manifestarem.

“Não esperem de mim omissão, tomem logo a decisão, porque a minha já está tomada. Eu tenho lado e vou me pronunciar no momento certo. Eu só espero que vocês entendam que esse não é qualquer momento no Brasil”, disse a emedebista à imprensa no domingo (2). O MDB já iniciou as consultas com os diretórios estaduais, mas não há previsão de quando a decisão será tomada.

O PSDB, por sua vez, anunciou que a Executiva Nacional da sigla se encontrará nesta terça-feira (3) para decidir sobre a liberação de seus diretórios no segundo turno.

O Cidadania reunirá a direção do partido na terça-feira (4), ao meio-dia. Em nota enviada à imprensa, o presidente do partido, Roberto Freire, afirmou que encaminhou à Executiva Nacional posicionamento a favor de que a legenda declare apoio a Lula.

“Como presidente nacional do Cidadania, saúdo o processo democrático que culminou na ida de Luiz Inácio Lula da Silva e Jair Bolsonaro para o 2º turno das eleições presidenciais, que ocorreram de forma pacífica”, inicia Freire, que aproveitou para saudar o desempenho de Tebet nas eleições.

“Simone emerge como uma liderança nacional que terá voz ativa e participação nos processos decisórios que terão desenlace a partir desta terça-feira e se aprofundarão a partir de 31 de outubro de 2022. A Justiça Eleitoral e nossas instituições saem fortalecidas”, comemora o presidente do Cidadania.

“Informo ainda que encaminhei à Executiva Nacional, que se reúne nesta terça-feira, às 12h00, posicionamento a favor de que o partido declare apoio a Lula no 2º turno”, concluiu.

O PDT de Ciro Gomes também iniciou conversas com os diretórios estaduais do partido para definir a postura da legenda na disputa presidencial. A expectativa é de que o anúncio seja feito até quarta-feira (5), após reunião com integrantes da executiva nacional da legenda e lideranças regionais do partido, informou o presidente Carlos Lupi à CNN.

Outro partido que deve se reunir até terça-feira (4) é o União Brasil, partido de Soraya Thronicke, que conseguiu a quinta melhor votação para o Palácio do Planalto.




Deixe seu comentário