Campo Grande, 29/05/2024 20:59

Blog do Manoel Afonso

Opinião e atitude no Mato Grosso do Sul

Política

Política • 07 maio, 2024

Gerson defende união para socorrer desabrigados gaúchos e alerta para risco de golpes


 

O presidente da Assembleia Legislativa, Gerson Claro, defendeu um mutirão nacional de solidariedade para socorrer a população do Rio Grande do Sul, duramente atingida pelas fortes chuvas que vem castigando o Estado . “São mais de 1 milhão de brasileiros afetados por este fenômeno climático sem procedentes. O momento é de esquecer as diferenças políticas e ideológicas, buscar a unidade nacional para ações emergenciais de socorro aos irmãos gaúchos. Esta tragédia não pode servir de combustível para alimentar a polarização. A urgência é salvar vidas, acolher quem perdeu familiares e viu o patrimônio de uma vida inteira pelas águas .

É fundamental construir um planejamento estratégico, com aporte de recursos federais, para a reconstrução da infraestrutura viária do Estado destruída pelas enchentes, garantir casas para quem perdeu sua moradia”, comenta Gerson .

O presidente da Assembleia alerta para o risco deste momento de comoção nacional ser usado por pessoas inescrupulosas levarem vantagem, na expectativa de se apropriar das doações.”O país tem um de sistema nacional de assistência social e uma coordenação nacional de defesa civil . Acredito que toda ajuda deve ser feita de forma institucional. O governador Eduardo Riedel tem feito contatos praticamente diários com o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite. Mato Grosso do Sul foi um dos primeiros estados brasileiros a enviar equipes para ajudar no resgate de desabrigados. Acredito que é necessária uma atuação institucional para que as doações sejam em dinheiro, roupas e comidas, cheguem as pessoas que estão de fato precisando”, destaca




Deixe seu comentário