Campo Grande, 20/06/2024 20:41

Blog do Manoel Afonso

Opinião e atitude no Mato Grosso do Sul

Política

Política • 28 dez, 2023

Governo investe R$ 313 milhões em reforma de escolas da Rede Estadual


Foram reformadas e ampliadas 63 unidades escolares da REE de 38 municípios de Mato Grosso do Sul

Reforma de escolas estaduais (Foto: Álvaro Rezende)

O ano escolar de 2023 encerrou na última sexta-feira (22) para 190 mil estudantes e mais de 22 mil servidores das 348 unidades da REE (Rede Estadual de Ensino). Em 2023, o Governo de MS, por intermédio da SED (Secretaria de Estado de Educação), investiu R$ 313 milhões em obras de reforma e ampliação em 63 unidades escolares da REE de 38 municípios de Mato Grosso do Sul.

No dia 15 de dezembro, o governador Eduardo Riedel se reuniu com todos os secretários e chefes de fundações e autarquias para avaliação anual dos contratos de gestão. O resultado foi extremamente positivo com a execução de 92% dos projetos propostos no começo do ano.

Na educação, a SED executou 98% das atividades previstas, com programas de sucesso como o MS Alfabetiza, ampliação de escolas em tempo integral e reformas das unidades da Rede Estadual de Ensino.

Uma das escolas reformadas é a Maria Constança de Barros Machado que, como um livro aberto, conforme o aclamado Oscar Niemeyer desenhou para sua fachada, a unidade recebeu o tratamento justo, sendo restaurada por completo e entregue à população pelo governador Eduardo Riedel no dia 28 de abril, no bairro Amambaí, em Campo Grande.

Os recursos do Estado para restauração da Escola Estadual Maria Constança foram de aproximadamente R$ 10 milhões. O montante aplicado em obras somou R$ 8,8 milhões, enquanto a aquisição de equipamentos e mobiliários foi no valor de R$ 1,1 milhão.

Desde auditórios, até sistema de prevenção de incêndios, passaram por intervenção, assim como as instalações elétricas e hidrossanitárias de toda a escola. Constam 11 lousas digitais, armários, mesas, conjuntos escolares, carrinho térmico para o refeitório, tablets, chromebooks, entre outros na lista de aquisições de equipamentos.

“O brilho nos olhos dos alunos ao apresentarem a peça de teatro, ao explicar no laboratório a formação do leite de magnésio, ser recebido por por aluna que falando em inglês, a biblioteca, o Gabriel nos recebendo com duas medalhas no peito, orgulhoso, são essas coisas que nos dão propósito para entrar na vida pública”, mencionou governador Eduardo Riedel no dia da entrega da unidade.

Em 2023, 37 municípios do interior de Mato Grosso do Sul receberam investimentos estruturais em suas unidades. Somente em Costa Rica, no mês de abril, duas escolas foram reformadas. Na E.E. Santos Dumont, que oferta ensino em tempo integral para 629 estudantes, foram R$ 7,3 milhões de investimento, sendo R$ 6,9 milhões na construção e R$ 459 mil em equipamentos.

“Batalhamos muito para que chegássemos a este instante. O quanto nossa escola ficou bonita, uma conquista, não só da gestão, mas de toda comunidade de Costa Rica que merecia a Santos Dumont como está hoje”, mencionou diretora Leiliane Barbosa.

Outra unidade da REE de Costa Rica que recebeu investimento foi a E.E. José Ferreira da Costa, que contou em 2023 com 1060 estudantes matriculados em 32 turmas nos ensinos fundamental e médio. “A reforma é um sonho antigo da comunidade, nossos estudantes terão condições físicas e pedagógicas de desenvolver habilidades, autonomia e competências para lidarem com novos desafios que virão, afinal, toda ação escolar é planejada para que eles tenham condições de alcançar seus sonhos e objetivo”, enfatiza a diretora Liliane Carrijo Gomes de Menezes.

Ano letivo 2024

Das 63 escolas da Rede Estadual de Ensino que passaram por reforma ou ampliação, 18 foram entregues em 2023 e 45 unidades estão na fase final de acabamento. A previsão é que no início do ano letivo de 2024, no dia 21 de fevereiro, os estudantes estejam recebendo aprendizado nos prédios reformados.

“Os investimentos proporcionam aos nossos estudantes ter um melhor ambiente de aprendizado e para nossos professores e servidores de desenvolver com excelência o ensino em Mato Grosso do Sul”, finaliza secretário de Estado de Educação, Hélio Daher.




Deixe seu comentário