Campo Grande, 24/02/2024 04:59

Blog do Manoel Afonso

Opinião e atitude no Mato Grosso do Sul

Política

Política • 29 dez, 2023

Morre aos 90 anos o ex-deputado estadual Eduardo Contar


Simpático e sempre prestativo, Eduardo morreu de pneumonia no hospital da Unimed, em Campo Grande.

Na manhã desta sexta-feira (29), a cidade de Campo Grande (MS) lamenta a perda de um ilustre líder e político, o ex-deputado estadual Eduardo Contar Filho, que faleceu aos 90 anos. A notícia foi confirmada pelo jornalista e historiador Edson Carlos Contar, irmão do ex-parlamentar.
Eduardo Contar morre aos 90 anos 

 Por Willams Araújo – (Conjuntura on line)

 

Eduardo Contar, eleito pela extinta Arena (Aliança Renovadora Nacional) para a Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, deixou sua marca na história política de Mato Grosso do Sul.

Conhecido por sua simpatia e prestatividade, o ex-deputado sucumbiu a complicações de uma pneumonia, enquanto estava internado no Hospital Unimed, em Campo Grande, nos últimos dias.

O legado de Eduardo Contar vai além de sua atuação como deputado estadual durante a primeira legislatura (1979 a 1983) da Assembleia, assumindo o cargo em substituição (era suplente) a Alberto Cubel Brull.

Sua trajetória inclui também a experiência como vereador e presidente da Câmara de Campo Grande, além de ter ocupado a presidência do Bemat (Banco do Estado de Mato Grosso).

Edson Contar, irmão e parceiro de vida política, expressou sua consternação ao comentar sobre a perda. “Éramos três homens e uma mulher. Ele era meu único irmão ainda vivo,” limitou-se a dizer, demonstrando o impacto emocional causado pela partida de Eduardo Contar.

O ex-deputado deixa uma lacuna não apenas na esfera política, mas também na sua querida família. Eduardo Contar deixa para trás a esposa Maria do Carmo, os filhos Beatriz, Ana Rita e João Eduardo, além de três netos.

Seu legado será lembrado não apenas pelos seus feitos públicos, mas também pela dedicação à comunidade e pelo exemplo de liderança que deixa para as futuras gerações.

O município chora a perda de um homem público íntegro e dedicado ao bem comum.

O velório será a partir das 10h e o enterro às 15h no Ceminário Jardim das Palmeiras, próximo a UCDB. (Universidade Católica Dom Bosco)




Deixe seu comentário