Campo Grande, 20/06/2024 23:31

Blog do Manoel Afonso

Opinião e atitude no Mato Grosso do Sul

Política

Política • 25 ago, 2023

Reforma Tributária: Riedel defende os investimentos no MS


 

O governador Eduardo Riedel afirmou, juntamente com os governadores de Mato Grosso (Mauro Mendes), do Paraná (Ratinho Jr), do Pará (Helder Barbalho) e de Goiás (Ronaldo Caiado), que seus estados não podem perder os fundos de compensações com a reforma tributária. O assunto foi discutido nesta quarta-feira (23), em Brasília, com a participação dos senadores dos respectivos estados.

“O que se discutiu hoje aqui com os quatro estados, que tem fundos de investimentos específicos e lastreados em contribuições de cadeias produtivas não podem perder esta importante fonte de investimento. O Mato Grosso do Sul tem R$ 1,6 bilhão, o Pará quase R$ 2 bilhões, o Mato Grosso mais de R$ 3 bilhões e que são responsáveis por investimentos que dão competitividade a esses estados em rodovias, infraestrutura e capacidade de atração de empresas”, frisou.

Favorável à reforma, Riedel declarou que a perda dos fundos pode significar uma estagnação econômica. “Não há nem o que se discutir em relação a algo que está a mais de 20 anos em vigor, com contribuição e que não se desestabiliza de maneira alguma o conceito da reforma tributária”, analisa o governador.

A reunião de hoje antecede a sessão prevista para a próxima terça-feira (29) no plenário do Senado com os 27 governadores. E na avaliação do governador Riedel, o encontro desta quarta-feira serviu para uniformizar o discurso entre os governadores do Centro-Oeste e também do Pará.

“Na semana que vem, iremos levar a importância da preservação dos recursos destes fundos”. Riedel ainda complementou que o pedido é semelhante levado pelo estado do Amazonas ao relator Eduardo Braga em relação a continuidade do benefício concedido à Zona Franca de Manaus.

Alexandre Gonzaga, Comunicação do Governo de MS

Foto: Guilherme Pimentel

 

Imagens: Davi dos Santos




Deixe seu comentário