Campo Grande, 15/06/2021

Blog do Manoel Afonso

Opinião e atitude no Mato Grosso do Sul

Saúde

Saúde • 30 maio, 2020

MS: quase 2 mil notificações de Síndrome Respiratória Aguda Grave


Boletim epidemiológico divulgado na sexta-feira (29) pela Secretaria de Estado de Saúde com dados referentes à Influenza revelam que neste ano já houve 1.951 casos notificados de pacientes hospitalizados com SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave).

Desse total, 78 foram confirmados para Influenza, dos quais 66 de Influenza A (16 de H1N1, dois de H3N2, e 48 não subtipado) e 11 de Influenza B.

A publicação detalha ainda que oito casos resultaram em mortes, três delas causadas pela Influenza H1N1, quatro de Influenza A não subtipado, e uma de Influenza B.

Na capital do Estado, foram cinco óbitos. Uma mulher de 89 anos que faleceu por Influenza A em 31 de março tinha diabetes, doença renal crônica, doença neurológica crônica e hipertensão arterial sistêmica. Um homem de 82 anos por Influenza A H1N1 em 24 de março tinha doença cardiovascular crônica. Outro homem de 82 anos por Influenza A em 25 de março tinha doença neurológica crônica e asma. Uma mulher de 41 anos por Influenza A em 8 de abril tinha doença cardiovascular crônica e imunodeficiência. Um homem de 80 anos por Influenza A em 18 de abril tinha doença renal crônica.

Em Corumbá houve uma morte por Influenza A H1N1, de mulher de 66 anos que tinha câncer, em 27 de março, e por Influenza A H1N1, de outra mulher de 66 anos, em 5 de abril, com nenhuma outra comorbidade relatada.

Em Ponta Porã, por Influenza B, morreu um homem de 68 anos em 1 de abril. Ele tinha doença cardiovascular crônica e doença hepática crônica.




Deixe seu comentário