Campo Grande, 18 de novembro de 2019

Blog do Manoel Afonso

Opinião e atitude no Mato Grosso do Sul

Política

Política • 24 maio, 2019

PT tirou R$ 242,4 bilhões da Saúde


Cento e trinta e um bilhões de reais! É quanto os três governos petistas deixaram de gastar na saúde. É a soma das verbas previstas no Orçamento que deixaram de ser usadas, que foram, como se diz em burocratês, “contingenciadas”. Alguém dirá: “Ah, mas com Orçamento é assim mesmo; nunca se usa tudo…”. Olhem aqui: cortar dinheiro justamente da Saúde, sabidamente a área mais precária do país, é um crime contra os pobres. De fato, o PT tirou dos doentes bem mais. As informações são de Reinaldo Azevedo, da Veja.

Entre 2003 e 2007 — em cinco dos 12 anos de governo —, o PT contou com a CPMF, o imposto do cheque, lembram-se? Eu gosto de fazer contas: nos cinco anos em que contou com a contribuição, que era imposto, o governo Lula arrecadou R$ 186,4 bilhões. Sabem quanto efetivamente foi empregado, até então, na Saúde? R$ 75 bilhões. Vale dizer: o companheiro usou R$ 111,4 bilhões para outras despesas.

Assim, se a gente somar o dinheiro da CPMF que não foi para a saúde, que foi desviado para outras áreas, com os cortes feitos no Orçamento, o PT deixou de gastar na saúde R$ 242,4 bilhões. Isso explica a situação miserável em que está o setor; isso explica por que Dilma teve de recorrer à pantomima dos médicos cubanos, os apalpadores de pobres, para fingir que está fazendo alguma coisa.

Leia Mais »




Deixe seu comentário