Campo Grande, 20/06/2024 20:55

Blog do Manoel Afonso

Opinião e atitude no Mato Grosso do Sul

Artigos

Artigos • 06 fev, 2024

São Quatro os Três Poderes da República


Os leitores podem ficar surpresos, porém, num regime democrático
de direito, mesmo que de maneira oculta, o quarto poder sempre
estará presente, pois, esse poder, desde os tempos mais remoto
era reconhecido como a defesa do povo. Estou falando da imprensa
instituição milenar, secular em nosso país e que desempenha aquilo
que podemos chamar de fator moderador.

A imprensa como a conhecemos hoje, teve sua origem na antiga e
histórica Grécia, berço da Democracia. É exatamente da imprensa
que estou falando, porque ela representa o quarto poder, e não
por acaso, eis que os homens que abraçaram tão importante
missão de combater os governos totalitários, que oprimiam e
também sufocavam o povo em vários países da Europa.

Os profissionais da arte de prestar informações ao povo de seus
respectivos países, receberam a denominação de jornalistas, sendo
que, naquela época, viviam na clandestinidade, eis que eram
perseguidos pela tirania, e as prisões eram o destino dos corajosos
homens que, em defesa de seus ideais, muitas vezes pagavam com
a própria vida, pela ousadia de denunciar à população os desvios e
as malversações do dinheiro público.

No Brasil, a consolidação da imprensa não foi tão traumática, até
porque D. João VI se encarregou de fundar o primeiro jornal do
país, com as devidas censuras, próprias dos governantes em manter
sob sigilo, tudo o que acontecia nas hostes palacianas. Contudo,
aqui também, os profissionais da imprensa sofreram restrições para
desempenho de suas funções. Na década de sessenta, houve
registros de prisões, e até mesmo de execuções.

Os empresários da imprensa, na década de trinta, encontraram
uma terrível resistência para divulgação dos ato governamentais, a
censura procurava calar a voz de quem ousasse levar ao
conhecimento da população, os atos contrários aos interesses da
nação, e, como conseqüência, do seu povo. Porém, os jornalistas,
assumiram a responsabilidade de ajudar na consolidação
democrática do Brasil, e assim, passaram a ser respeitados perante
a classe política e a sociedade.

Uma campanha de valorização dos pequenos jornais do país,
deveria ser encetada pela ABI, pois que, tal iniciativa contribuiria e

muito com a geração de empregos aos profissionais de imprensa,
como também, na preservação e consolidação da Democracia no
Brasil.

BENEDITO RODRIGUES DA COSTA
Economista




Deixe seu comentário