Campo Grande, 16/04/2024 19:46

Blog do Manoel Afonso

Opinião e atitude no Mato Grosso do Sul

Crônica

Crônica • 15 jan, 2023

VIVER É BOM


(por Antônio Maria)

…A noite ia caindo devagar e, de repente, fechou-se em cima da página que eu lia. Acabou-se o dia e e sinto a escuridão de um jeito novo: é o silêncio da tranquilidade e não o isolamento do medo. Deixo-me assaltar por todos os pensamentos, sem esquivar-me ou afugentá-los. Nada me atemoriza ou inquieta. Tudo é bom e bonito porque a aragem do mato se arrasta, suavemente, sobre os pelos do meu corpo. Sinto-me enxuto e feliz. Tenho absoluta certeza que não estou dormindo, mas não posso garantir que esteja, realmente, acordado. Essas ideias e alcances talvez sejam sonhos, talvez seja eu pensando. Sinto que viver é bom e que cada um de nós deve viver apenas. Ninguém deve entregar-se, particularmente, a isso e aquilo. Viver. O dia é para viver. A hora certa, a discussão, o encontro aprazado, a cobiça do amor, a aritmética dos cifrões, o plano de fortuna… tudo isso redunda em canseira e sensaboria. Há dez anos que eu não me surpreendo a viver tanto! E vejo o céu aberto, em desarrumação de estrelas por detrás das silhuetas escuras das árvores.

*Da crônica “Longe do Rio”, publicada em 10/03/1954 no Diário Carioca

Fonte – Blog do Zé Beto




Deixe seu comentário