Campo Grande, 29/05/2024 19:51

Blog do Manoel Afonso

Opinião e atitude no Mato Grosso do Sul

Política

Política • 11 abr, 2024

Atendendo pedido de Marcio Fernandes, Governo reduz ICMS para biometano


Atendendo pedido de Marcio Fernandes, Governo reduz ICMS para biometano

Coordenador da Frente Parlamentar de Energias Renováveis, deputado estadual Marcio Fernandes agradece o governador Eduardo Riedel por se comprometer em reduzir o ICMS sobre as industrias de biometano. O anuncio foi feito nesta quarta-feira (10) em Nova Alvorada do Sul durante a cerimônia de abertura da Expocanas 2024, a maior feira do setor em Mato Grosso do Sul.

De acordo com a Associação dos Produtores de Bioenergia de Mato Grosso do Sul (Biosul), a safra de cana-de-açúcar de Mato Grosso do Sul bateu recorde e ultrapassou pela primeira vez a marca de 50,5 milhões de toneladas, produzindo 2,1 milhão de toneladas de açúcar e 3,7 bilhões de litros de etanol.

“Eu sou um grande incentivador de biocombustível e venho buscando alternativas para desenvolver cada vez mais este setor. Quando era mais jovem, após me formar em Medicina Veterinária fui trabalhar em uma fazenda, na pequena cidade de Jaraguari. Após várias tentativas de controlar o crescimento de pés de mamona, produto tóxico para o gado, comecei a pesquisar alternativas para transformar um problema em solução. Depois de diversos estudos, começamos a produzir o biodiesel a partir da mamona. Consegui ajuda e incentivos para fundar a Projebio, empresa de Biodiesel. Fico feliz em ver que o Governo tem atendido os pedidos que atendem este setor”, destaca Marcio Fernandes.

Em seu pronunciamento o governador Eduardo Riedel destacou o compromisso do Governo em oferecer um ambiente atrativo para o mercado, gerando renda e emprego para os sul-mato-grossenses.

Da nossa parte, estamos assumindo o compromisso de reduzir a alíquota de ICMS sobre o biometano de 17% para 1,8%, para estimular o setor de bioenergia no Estado e torná-lo cada vez mais competitivo. O posicionamento estratégico do Mato Grosso do Sul diante do Brasil e do mundo está focado em segurança alimentar, transição energética e sustentabilidade ambiental”, afirma.




Deixe seu comentário