Campo Grande, 23/04/2024 14:14

Blog do Manoel Afonso

Opinião e atitude no Mato Grosso do Sul

Política

Política • 04 ago, 2018

De última hora, Simone anuncia Harfouche na vice e aposta na fé


“Estou aceitando o desafio, em primeiro lugar, pelo Puccinelli, nosso eterno governador”, diz candidata sobre disputa a governo

Aline dos Santos e Mayara Bueno
Simone (ao centro) substitui Puccinelli na disputa do governo do Estado. (Foto: Marina Pacheco)
Simone (ao centro) substitui Puccinelli na disputa do governo do Estado. (Foto: Marina Pacheco)

Candidata do MDB ao governo do Estado, a senadora Simone Tebet anunciou neste sábado (dia 4) que terá como vice o procurador licenciado Sergio Harfouche (PSC). A afirmação concretiza uma aliança costurada nas últimas horas.

“Ele é um bom nome, uma pessoa que tem vontade de servir. Traz um segmento importante, lembrando que Estado e religião não se misturam, é laico. Mas ninguém é nada sem fé e isso ele tem”, diz, sobre as qualidades do companheiro na chapa majoritária. Harfouche é evangélico, segmento que tem se destacado por grande eleitorado.

Simone foi anunciada como pré-candidata a governo no último domingo, em substituição ao ex-governador André Puccinelli (MDB), que foi preso pela PF (Polícia Federal) em 20 de julho. Hoje, na convenção do partido, que acontece na associação Nipo Brasileira, ela admitiu que até a manhã de ontem o candidato era Puccinelli.

“Tanto que não dei entrevista ontem sobre isso. Mas estou aceitando o desafio, em primeiro lugar, pelo Puccinelli, nosso eterno governador, e porque um partido como o MDB não pode deixar de ter candidatura própria”, diz. Harfouche é esperado na convenção do MDB para exibir à militância a nova chapa.

Campo Grande News




Deixe seu comentário