Campo Grande, 24/07/2024 10:45

Blog do Manoel Afonso

Opinião e atitude no Mato Grosso do Sul

Política

Política • 12 abr, 2024

Hospital Cassems da capital: 9º transplante de medula óssea


 

Na última terça-feira (09), o Hospital Cassems de Campo Grande realizou mais um bem-sucedido transplante de medula óssea. A paciente, Nucia Aparecida da Silva Vaz, estava há 26 dias internada e teve alta no dia de aniversário de um ano do seu neto. Com o transplante da dona Nucia, a unidade completa nove procedimentos realizados, em quase dois anos após o primeiro transplante.

Soraia Romanini é médica hematologista do Hospital Cassems de Campo Grande e acompanhou o caso da paciente desde o início. A médica destaca o comprometimento e o amadurecimento da equipe do hospital a cada transplante.

“A dona Nucia fazia tratamento previamente com nossos colegas hematologistas aqui na Cassems e foi diagnosticada com mieloma múltiplo, semelhante aos nossos dois últimos casos. Ela realizou o tratamento quimioterápico e em seguida já tinha a indicação de transplante de medula óssea. Cada paciente transplantado significa para nossa equipe mais um passo dado, um amadurecimento que ganhamos a cada paciente. Então, cada caso é único e cada caso nos mostra diferentes nuances e nós vamos aperfeiçoando nosso trabalho e amadurecendo como equipe, como serviço. Cada caso novo nos mostra que temos sempre algo a melhorar, mas também me deixa muito feliz que nós estamos capacitados para fazer transplante de medula óssea. Somos uma equipe coesa e o hospital todo se mobiliza para atender as necessidades do paciente transplantado. Esse caso é um grande exemplo disso porque é uma paciente que teve algumas intercorrências, mas o atendimento dela sempre foi prioridade nos momentos de urgência e, por isso, ela está bem hoje”, pontua.

O esposo de Nucia, Mário Vaz da Silva, agradece o carinho e o atendimento dispensado à sua esposa durante os 26 dias em que ela ficou internada. Mesmo sendo dias difíceis, estar num hospital de referência trouxe segurança e conforto para a família.

“Foi um período em que a gente passou por um momento difícil, principalmente quando ela teve complicações e foi para a UTI, mas com a graça de Deus e o atendimento dos médicos e das enfermeiras que nos deram muito carinho, deu tudo certo. Foi um período difícil, mas, graças a Deus, satisfatório, até chegar nesse momento de alta. Eu tenho muito a agradecer à Cassems porque ela foi maravilhosa com a gente. Esse é um hospital de referência no estado e eu só tenho gratidão, muita gratidão a todos”, afirma.

Dividida entre a emoção e agradecimento, Núcia conta, em meio a lágrimas, o quanto este momento se tornou especial para ela, pois, no mesmo dia em que recebeu a notícia que a medula pegou e que estaria de alta, seu neto completa um ano de vida.

“Eu não tenho nem palavras para agradecer. Fui muito bem tratada aqui por uma equipe muito boa, maravilhosa e eu quero que Deus derrame uma chuva de bençãos em todos vocês. Esse bom atendimento aconteceu em todos os momentos que estive aqui e eu nunca vou esquecer. Ter a notícia de que a medula pegou é um milagre na minha vida. Eu sinto muito prazer só de saber que estou aqui, de pé, viva, porque foram momentos em que eu pensava que eu não iria escapar. Agora eu vou pensar no futuro, cuidar da vida e do meu netinho que completa um ano hoje”, finaliza.

 




Deixe seu comentário