Campo Grande, 19/04/2024 14:47

Blog do Manoel Afonso

Opinião e atitude no Mato Grosso do Sul

Política

Política • 03 abr, 2024

Paulo Duarte comporá comissão que vai analisar déficit do MSPREV


Durante a sessão ordinária da Assembleia Legislativa, nesta quarta-feira (3), o deputado
estadual Paulo Duarte (PSB) foi designado pela presidência da Mesa para ser um dos quatro
integrantes da Comissão Temporária de representação para Monitoramento e
Acompanhamento do Déficit Atuarial do Regime Próprio de Previdência Social (MSPREV). A
criação da comissão foi feita pelo Ato 68 de 2024 e realizará estudos, pesquisas e análises
atuariais para monitorar o déficit previdenciário.

A comissão também poderá propor ao Poder Executivo medidas de reforma, ajustes
legislativos e políticas públicas voltadas para a redução do déficit atuarial e promover
audiências públicas, seminários e outros eventos com a participação de especialistas na área,
representantes sindicais, servidores e sociedade civil para propor soluções para os desafios
previdenciários atuais e futuros.

Os parlamentares componentes do comitê temporário deverão, ainda, acompanhar a
execução orçamentária do fundo previdenciário, requisitar documentos para análise de
projeções futuras, elaborar relatórios para o aprimoramento das políticas previdenciárias. Os
deputados vão monitorar continuamente os valores das contribuições e recomendar ao
Executivo a redução ou extinção de contribuições como a dos 14%, que têm sido alvo de
constante de críticas e protestos por parte dos servidores estaduais aposentados.

O deputado estadual Paulo Duarte, ao falar sobre a criação da comissão, agradeceu a presença
dos servidores aposentados, que diariamente participam das sessões ordinárias, solicitando
atenção do parlamento à causa do desconto de 14% na aposentadoria. Duarte também
esclareceu que “o que foi feito ao criar essa comissão da qual faço parte é que esse assunto
deixa de ser, a partir de agora, graças à manifestação de vocês (aposentados), um assunto
exclusivamente tratado pela Agência Estadual de Previdência, que continua sendo a gestora e
vai tratar de forma administrativa a previdência, mas a discussão passa a ser uma discussão de
Estado, da Assembleia e do Governo. Hoje é o início dessa discussão que, com certeza, chegará
a bom termo graças à participação livre, democrática e soberana de vocês”.  ( foto – Luciana Nassar)




Deixe seu comentário