Campo Grande, 20/06/2024 21:36

Blog do Manoel Afonso

Opinião e atitude no Mato Grosso do Sul

Política

Política • 30 nov, 2023

Virou lei: Julho Âmbar é o mês de conscientização do luto parental


Foi sancionada a Lei Estadual 6.147 de 2023, de autoria do deputado Lucas de Lima (PDT), que institui o Mês Julho Âmbar como mês de conscientização do luto parental em Mato Grosso do Sul. A sanção está na edição do Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (30).

O mês fica definido como período de promoção de campanhas e atividades de apoio e acolhimento para essas famílias, por escolas, órgãos públicos e empresas, com o propósito de: “fomentar o diálogo sobre o luto parental, rompendo estereótipos e preconceitos; conscientizar e informar a sociedade sobre o luto parental; propor a criação de políticas públicas relacionadas ao tema do luto parental; representar e oferecer suporte aos pais enlutados”.

A nova lei também visa oferecer suporte, apoio e orientação, facilitando a troca de experiências, validação e apoio mútuo entre as famílias enlutadas e oferecer uma oportunidade para celebrar o amor e honrar a memória dos filhos que faleceram, assim como capacitar profissionais da saúde e educadores no manejo do adequado luto parental.

A partir da publicação da nova lei, o mês Julho Âmbar passará a integrar o Calendário Oficial de Eventos do Estado de Mato Grosso do Sul. O deputado autor, Lucas de Lima, justificou que “a perda de um filho é uma das dores mais profundas que uma pessoa pode experimentar e, muitas vezes, as famílias não recebem o apoio e o acolhimento necessários para lidar com essa situação”.




Deixe seu comentário