Campo Grande, 19 de setembro de 2020

Blog do Manoel Afonso

Opinião e atitude no Mato Grosso do Sul

Saúde

Saúde • 19 nov, 2018

SESAU melhora condições dos médicos


De janeiro até outubro deste ano a SESAU convocou 1081 inscritos no processo seletivo simplificado para contratação temporário, no entanto apenas 324 foram efetivado.

UPA Universitário

UPA Universitário – Divulgação/SESAU

Conforme a escala médica que é divulgada previamente no site da Prefeitura de Campo Grande a UPA Universitário deveria ter quatro médicos clínicos fazendo o atendimento nesse sábado (17), mas houve a falta de um profissional que apresentou atestado.

O secretário reforça a dificuldade da gestão em preencher as escalas, uma vez que é necessário ao menos 100 profissionais por dia para atender as necessidades somente das dez unidades de urgência do município. Diariamente uma média de 4 mil pacientes passam pelas seis UPAs e quatro CRSs. Hoje o município conta com 1021 médicos, sendo 511 concursados e 510 convocados.

De janeiro até outubro deste ano a SESAU convocou 1081 inscritos no processo seletivo simplificado para contratação temporário, no entanto apenas 324 foram efetivados, ou seja, menos de 30%. Em 2017 foram convocados 577 profissionais e 202 foram efetivados, o equivalente a 35%.

“Há inúmeros fatores que fazem com que a gente tenha um número muito baixo de adesão, mas estamos melhorar principalmente as condições de trabalho deste profissional para que ele se sinta mais confortável e mais seguro em atuar no serviço público e este fator é tão preponderando quanto à remuneração”, complementa o secretário.

Na última semana foi publicada uma resolução que traz detalhamento sobre a possibilidade de ganhos dos servidores da Saúde. A estimativa máxima de ganho do médico pode variam de R$19 mil a R$25 mil. O profissional com dois vínculos de 12 horas lotado na Clínica da Família chega a ganhar R$34 mil.

 




Deixe seu comentário