Campo Grande, 19/04/2024 14:03

Blog do Manoel Afonso

Opinião e atitude no Mato Grosso do Sul

Artigos

Artigos • 20 fev, 2024

Um holocausto oculto no Brasil


Holocausto é um vocábulo pouco conhecido pela população em geral,
pela falta de informações e também, pelo baixo nível de educação que
inibe a compreensão de assuntos que não fazem parte de suas rotinas
no ambiente familiar como também, em locais de trabalho. Contudo, a
Rede de Televisão, hoje de fácil acesso à população de menor poder de
compra no país, o termo chama atenção e a curiosidade.

Sabe-se que o Holocausto foi a perseguição sistemática e o assassinato
de mais de seis milhões de judeus europeu pelo regime nazista alemão,
e seus aliados, além de colaboradores. O Holocausto foi um processo que
sendo aplicado de forma contínua por toda a Europa, iniciando no ano de
1933, com seu término em 1945. O antissemitismo, foi a base que causa-
dora dessa tragédia denominada de Holocausto.

Observem que, a tragédia do Holocausto, provocou a morte de mais de seis
milhões de judeus de todas as idades e pelas formas mais cruéis de desuma-
nas que se tem conhecimento. As forças de repressão invadiam os lares dos
cidadãos e os levavam para os campos de concentração, onde eram cruel –
mente sacrificados. Mas, que ou quais crimes cometeram? Simplesmente
pelo fato de terem nascidos judeus.

Aí a curiosidade dos leitores aumenta e os pensamentos voam mais rápidos,
e se perguntam: existe holocausto no Brasil? Aqui, campo mesmo só se for
de pastagens, ou campos de futebol que tanto gostamos. Mas… campos de
concentração? Será que algum maluco ou lunático teve um pesadelo? Claro
que não. As vítimas do Holocausto brasileiro, são os idosos aposentados pelo
INSS que tiveram seus direitos adquiridos desrespeitados pelo Congresso Na-
cional sob a alegação de que se não aprovassem uma reforma na Previdência
o sistema quebraria.

O Holocausto na Europa durou 12 anos. Aqui no Brasil, a reforma foi aprovada em
1999, quando foi criado o Fator Previdenciário, e já duram 25 anos. Uma Lei que
segundo juristas, é inconstitucional, pois, feriu os direitos adquiridos de quem já
havia se aposentado pelo teto, ou seja, com um benefício de dez salários mínimos.
Hoje, esses contribuintes amargam um benefício de tão somente quatro salárioa.
Milhares já faleceram, empobrecidos, venderam o único imóvel que tinham para
morar, por não poder pagar sequer o IPTU, a depressão foi inevitável.

Hoje, mais de doze milhões de aposentados idosos morando em casa de parentes,
aguardam na fila do Holocausto oculto pelo descaso de nossas autoridades, para,
pelo menos ter a esperança de ver seus direitos adquiridos reconhecidos pela jus-

tica, e ter um sepultamento digno. Nós temos o holocausto sim, e os algozes, são
aqueles que ostentam os títulos de gestores do país. Será que esses doze milhões
de brasileiros com mais de 80 anos assistirão o fim do Holocausto aqui instalado?

BENEDITO RODRIGUES DA COSTA
Economista

 




Deixe seu comentário