Campo Grande, 16/06/2024 14:22

Blog do Manoel Afonso

Opinião e atitude no Mato Grosso do Sul

Justiça

Justiça • 18 ago, 2023

Três cidades do Leste de MS têm redução de 28% nos crimes de homicídio doloso


Três Lagoas, Selvíria e Água Clara conseguiram esse índice por causa da forte atuação das forças policiais

Imagem aérea do Cristo em Três Lagoas (Foto: Edemir Rodrigues/Arquivo)

A região de Três Lagoas, que abrange os municípios de Água Clara, Selvíria e Três Lagoas conta uma população de 161.680 habitantes e, conforme levantamento de índices criminais monitorados pela Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública), entre os meses de janeiro e julho nos anos de 2022 e 2023 foi identificada redução de 28,6% nos crimes de Homicídio Doloso (14 no ano passado e 10 este ano).

Os crimes de roubo também tiveram considerável redução passando de 79 casos registrados e 2022, para 61 este ano (-22,8%). Roubos de veículos apontam redução de -66,7%. Foram anotados 6, no ano passado, e apenas 2, em 2023.

De acordo com o tenente-coronel Mauro César Sales Ormay, os bons resultados alcançados na região de Três Lagoas se dão por diversos fatores, entre eles, o planejamento estratégico que vai de 2023 a 2026.

“Alinhado a tudo isso tem a união das forças de segurança de nosso Estado, que tem dado um grande resultado e também os investimentos do Governo na Segurança Pública. As ações desenvolvidas pelo Estado (através das forças de segurança) refletem na sociedade. Tivemos investimentos em viaturas, armamento de última geração, investimentos nas estruturas dos quarteis… E tudo isso vem a somar nos resultados obtidos pela polícia militar”, destaca.

“Nos últimos anos tivemos investimentos em capacitações, cursos e promoções e isso tudo vai agregando para que o nosso servidor trabalhe com mais confiança. Isso tudo incentiva nosso policial a querer trabalhar. O nosso policiamento ostensivo e preventivo está sendo feito com maior qualidade. A gestão de cada comandante de batalhão através do planejamento estratégico e através dos seus comandantes de área também. Isso tudo vem a somar para manutenção dos baixos índices de criminalidade. E quem ganha com isso realmente é a sociedade. Nós temos assim uma sociedade mais segura”, avalia.

Os municípios de Água Clara e Selivíria não tiveram registro de roubos contra o patrimônio de janeiro a julho deste ano.

Já os números de furtos, em Água Clara, apontaram redução de 17,9%, passando de 78, em 2022, para 64, este ano. Selvíria teve que de -43% nos crimes de Furto. Foram 100 registros no ano passado e 57 este ano.

O maior município da região, abrangendo uma polução de 136.512 habitantes, Três Lagoas não teve registro de feminicídio em 2023. Já os casos de homicídio doloso tiverem redução de -30% (10 em 200, contra 7 neste ano).

Os crimes de roubo passaram de 79 para 57. Redução de -27,8%. Já os furtos diminuíram de 1.519 no ano passado, para 1.321 este ano (-13%).

O delegado regional de Três Lagoas, Ailton Pereira de Freitas salienta o recebimento de recursos humanos (investigadores, escrivães e delegados) que permitiram o andamento de inquéritos policiais e realizam de trabalhos externos como a conclusão de algumas investigações. “Com isso é possível a realização de investigações mais complicadas, realização de operações, blitzes… Ajudou muito no combate à criminalidade. Além, é claro, dos recursos matérias como viaturas, coletes, armamento. Isso fez com que as equipes ficassem mais ativas e animadas com o trabalho, o que resultou na diminuição de alguns índices. Mas temos que estar sempre atuantes para manter esses bons índices e melhorar cada vez mais a segurança pública na nossa região”.

Ele destaca também o trabalho conjunto com as forças de segurança. “A troca de informações com as forças policiais (Polícia Militar, PRF, Polícia Federal, Polícia Penal) contribuiu muito para diminuição da criminalidade e são ações que a gente pretende manter, porque quem ganha é a comunidade em geral”, concluiu.




Deixe seu comentário