Campo Grande, 19/04/2024 14:50

Blog do Manoel Afonso

Opinião e atitude no Mato Grosso do Sul

Política

Política • 20 fev, 2024

Aral Moreira: Governo investe mais de R$ 5,7 mi para complementar asfalto


Pedido foi feito na segunda-feira (19) pelas principais lideranças do município, em reunião com o governador Riedel

Governador Eduardo Riedel (PSDB) atende pleito de Aral Moreira (Foto: Bruno Rezende)

Para levar melhor qualidade de vida à população de Aral Moreira, o governador Eduardo Riedel (PSDB) firmou o compromisso de completar o asfalto no Bairro Satélite e promover a revitalização da Avenida Mato Grosso do Sul. Juntos estes investimentos ultrapassam R$ 5,7 milhões.

Estes pedidos foram feitos nesta segunda-feira (19) pelas principais lideranças de Aral Moreira, em reunião que ocorreu no gabinete do governador. “Vou continuar trabalhando pela cidade, por isso as duas demandas serão atendidas. O município tem um direcionamento que mostra o que o povo de Aral Moreira precisa”, disse Eduardo Riedel.

A revitalização da Avenida Mato Grosso do Sul terá investimento de R$ 3,15 milhões e a conclusão do asfalto no Bairro Satélite vai ficar com o custo de R$ 2,6 milhões. Com esta segunda obra o município vai chegar a 100% de asfalto nas suas vias urbanas.

“Já entregamos os dois projetos e agora contamos com o apoio do Governo para realização das obras, que são mais uma parceria entre o município e o Estado. Para asfalto só faltava estas ruas para chegarmos aos 100% e a revitalização da Avenida (Mato Grosso do Sul) é uma obra muito importante para cidade”, afirmou o prefeito de Aral Moreira, Alexandrino Garcia.

Os vereadores agradeceram ao governador pelo “olhar especial e atenção” que ele tem pela cidade. Ainda pediram apoio para que o município consiga gerar mais empregos e assim atender a demanda da região.

Também participaram da reunião o deputado federal Beto Pereira, os deputados estaduais Paulo Corrêa, Jamilson Name e Mara Caseiro, além dos secretários Hélio Peluffo (Seilog), Eduardo Rocha (Casa Civil) e o secretário-adjunto, João César Mattogrosso.




Deixe seu comentário