Campo Grande, 22/07/2024 08:06

Blog do Manoel Afonso

Opinião e atitude no Mato Grosso do Sul

Política

Política • 24 out, 2018

Bolsonaro x Haddad: pesquisa no MS


Levantamento feito entre os dias 20 e 23 de outubro

Na madrugada desta quarta-feira (24), o instituto Ranking em parceria com o Jornal eletrônico Diário da Mídia, divulgou mais uma pesquisa de intenção de votos para presidente do Brasil no estado do Mato Grosso do Sul.

Foram ouvidas 1.200 pessoas a partir dos 16 anos de idade em 20 municípios, entre os dias 20 e 23 deste mês. Com intervalo de confiança de 95% e margem de erro de 2,83% para mais ou para menos. A pesquisa está registrada na Justiça Eleitoral com os números; MS-00446/2018 e BR-04871/2018.

Os dados foram obtidos por meio da aplicação de questionário estruturado em entrevistas pessoal, em ponto de fluxo populacional e domiciliar. Estratificado em cotas de sexo, idade, escolaridade e distribuição de renda, de acordo com os dados disponibilizados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) referentes ao Censo 2010 e TSE/TRE-MS 31/07/2018.

Nos votos válidos, os resultados foram os seguintes:

Jair Bolsonaro (PSL): 72.23%

Fernando Haddad (PT): 27.77%

Para calcular as intenções de votos válidos, são desconsiderados da amostra os votos em branco, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para calcular o resultado oficial da eleição.

Nos votos totais, os resultados foram:

Jair Bolsonaro (PSL): 63.75%

Fernando Haddad (PT): 24.50%

Os indecisos, nulos e brancos são: 11.75%

Rejeição

O Instituto Ranking também mediu a taxa de rejeição (o eleitor disse em qual dos candidatos não votaria de jeito nenhum).

Veja os índices:

Fernando Haddad (PT): 55.08%

Jair Bolsonaro (PSL): 25.33%

Os indecisos, nulos e brancos são: 19.59%

A Ranking coletou os dados nos seguintes municípios; Campo Grande, Sidrolândia, Maracaju, Dourados, Ponta Porã, Amambaí, Caarapó, Naviraí, Ivinhema, Nova Andradina, Rio Brilhante, Corumbá, Miranda, Aquidauana, Anastácio, São Gabriel do Oeste, Coxim, Paranaíba, Aparecida do Tabuado e Três Lagoas.
Por Edson Moraes – Diária da Mídia 



Deixe seu comentário