Campo Grande, 23/06/2024 03:11

Blog do Manoel Afonso

Opinião e atitude no Mato Grosso do Sul

Política

Política • 07 fev, 2024

Camila Jara desafia caciques do PT e diz que é pré-candidata a prefeita da capital


 

 

Contrariando a ideia das lideranças históricas do PT que articulam a composição de uma aliança na disputa pela prefeitura de Campo Grande, a deputada federal Camila Jara avisou ontem que é pré-candidata à sucessão da prefeita Adriane Lopes (PP).

Em nota divulgada nas redes sociais, a parlamentar reafirmou que é pré-candidata, o que, para analistas, poderá desencadear uma crise interna no partido liderado pelo presidente Lula.

A reação de Jara veio imediatamente a um encontro entre o deputado federal Vander Loubet (PT) e o deputado estadual Zeca do PT com a ex-deputada e atual superintendente para o Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco), Rose Modesto (União Brasil).

A reunião não foi bem-aceita por setores da legenda que entendem haver interesse da cúpula petista na costura de alianças com vistas às eleições em Campo Grande.

Em nota cheia de divagações, assinada por seu gabinete em Brasília, Camila Jara diz que é pré-candidata à prefeita, “pois acredita que a cidade pode ser pensada pelas pessoas e para as pessoas”.

Afirma que “a pré-candidatura é anseio da militância orgânica do PT, dos diretórios estadual e municipal”. Cita também o presidente Lula e ministros que, segundo ela, “apostam na renovação, com qualidade ideológica e postura de diálogo”.

O comunicado segue com teor subjetivo: “As principais lideranças do campo progressista entendem que é a hora do PT disputar o imaginário social do povo de Campo Grande e oferecer um projeto político capaz de ampliar as transformações sociais promovidas pelo Governo Federal”.

Em entrevista ontem (5) ao Jornal da Hora, da rádio de mesmo nome, apresentado por Arthur Mário, o deputado federal Vander Loubet disse que o partido não pode fazer como avestruz, enfiando a cabeça no buraco quando for procurado para discutir alianças.

“Não é o Vander, nem o Zeca, nem os deputados, nem o Kemp (deputado estadual Pedro Kemp), nem vereadores, nem a Camila (Jara) que vão decidir sobre nome e sim o fórum partidário do PT”, declarou.




Deixe seu comentário