Campo Grande, 21/05/2024 12:55

Blog do Manoel Afonso

Opinião e atitude no Mato Grosso do Sul

Política

Política • 22 abr, 2024

Justiça torna réu o vereador Claudinho Serra


O vereador Claudinho Serra (PSDB) e outras 21 pessoas, entre servidores municipais e empresários, foram tornados réus pelo juiz Fernando Moreira Freitas da Silva, da Vara Criminal de Sidrolândia.

Isso aconteceu após o juiz aceitar a denúncia feita pelo Ministério Público Estadual (MP-MS). Eles são investigados por suposto envolvimento em um esquema de corrupção na prefeitura de Sidrolândia.

Os crimes foram investigados na operação Tromper do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado), deflagrada no dia 3 de abril.

Na decisão, o juiz afirmou que existem provas de materialidade dos crimes e indícios suficientes da autoria pelos acusados.

A partir da intimação, os réus terão dez dias para apresentar defesa à Justiça, segundo informa o G1.

Claudinho Serra é genro da prefeitura de Sidrolândia, Vanda Camillo (PP). Antes de ser vereador por Campo Grande, ele foi secretário de Fazenda de Sidrolândia em 2021.

Segundo a investigação, Claudinho Serra, que está preso desde o começo do mês, é o chefe de um organização criminosa que fraudava licitações e contratos de empresas com a prefeitura para desviar dinheiro público. O desfalque aos cofres públicos gira em torno de R$ 15 milhões.

DEFESA DO VEREADOR 

A defesa do vereador nega a participação dele nos crimes denunciados pelo MP e cita que a prisão do parlamentar é “desnecessária”.




Deixe seu comentário