Campo Grande, 19/01/2022

Blog do Manoel Afonso

Opinião e atitude no Mato Grosso do Sul

Política

Política • 18 dez, 2021

Noite de muita emoção marca a Cantata de Natal do Hospital Cassems de Campo Grande


A noite da última quinta-feira (16), no Hospital Cassems Campo Grande, foi marcada por muita emoção entre pacientes, colaboradores e gestores, com a Cantata de Natal. O jardim da unidade hospitalar foi abrilhantado pelo coral Vozes da Periferia, com 36 crianças e adolescentes do instituto Maná do Céu para os Povos, que atende famílias em situação de vulnerabilidade de 11 bairros marginalizados da capital.
De acordo com o presidente da Cassems, Ricardo Ayache, a cantata foi uma oportunidade para finalizar o ano com grande emoção. “A noite de hoje foi muito linda! As crianças demonstram muita força e determinação. Isso nos traz o verdadeiro sentido do natal, então, foi importante para nós”.
Para a pequena Ana Vitória, integrante do coral “Vozes da Periferia” de apenas 9 anos, é uma felicidade para o grupo apresentar-se na Cantata de Natal. “É uma maravilha estar aqui, uma grande oportunidade. É um sonho! e estou gostando muito”.
O vice-presidente da Cassems, Ademir Cerri, salienta que a cantata registra a superação após o enfrentamento da pandemia de Covid-19. “Temos muito o que comemorar, devido ao que passamos! Também, não podemos esquecer da solidariedade, dessa ocasião especial de congraçamento entre as pessoas, colaboradores, gestão e pacientes, todos nós celebramos mais um natal”.
Além do coral “Vozes da Periferia”, a coordenadora do projeto de humanização “A Literatura Cura”, desenvolvido no Hospital Cassems, apresentou um poema personalizado para a data especial. Para ela, é muito importante que a Caixa dos Servidores tenha esse olhar sensível. “O natal tem uma simbologia emblemática, é um momento de renascer, repensar e reconstruir. Isso nos dá muito orgulho como colaboradores”.
Conforme explica Alessandro Depieri, diretor administrativo do Hospital Cassems Campo Grande, a união entre colaboradores e pacientes representa, também, uma celebração pela diminuição de casos de Covid-19 na unidade hospitalar. “Comemoramos mais um ano de vitória, pois saímos de um período crítico de pandemia e retornamos à normalidade na rotina de trabalho do hospital. A equipe foi vitoriosa, as pessoas se cuidaram, a vacinação continua fazendo o seu efeito, então, precisamos comemorar isso”.
O coordenador geral do Instituto Maná do Céu, Igor Silva, fala sobre a alegria da instituição em participar da Cantata de Natal. “Somos uma organização social sem fins lucrativos que existe há mais de 13 anos, atendendo crianças e adolescentes das periferias de Campo Grande. Para chegarmos aqui, foram 3 anos de muito ensaio e preparação, para chegar até a formação deste coral. Hoje, são 120 atendidos”.
O beneficiário Juarei Rocha veio da cidade de Rio Verde para ser tratado na capital e elogia o trabalho desenvolvido pela Cassems. “O coral traz muita felicidade para quem está passando por um tratamento. Faz a diferença não só para mim, como também para os profissionais. O meu momento favorito do espetáculo foi quando cantaram Marília Mendonça”.
Para conhecer mais sobre o Instituto Maná do Céu e contribuir financeiramente ou sendo um voluntário, acesse o Instagram: https://www.instagram.com/ong_manadoceu/.
ASSECOM



Deixe seu comentário