Campo Grande, 02/03/2024 05:36

Blog do Manoel Afonso

Opinião e atitude no Mato Grosso do Sul

Política

Política • 04 fev, 2024

Riedel na Assembleia para reabertura dos trabalhos


 

 

(Conjuntura Online) – 

O governador Eduardo Riedel (PSDB) deve falar durante a sessão solene de reabertura dos trabalhos da Alems (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul), nesta segunda-feira (5), dos avanços e metas para o Estado ao longo do exercício financeiro.

Esta é uma oportunidade ímpar para o governador destacar os progressos alcançados e delinear as aspirações para o Estado ao longo do ano.

Aprovada em dezembro, a lei orçamentária estabelece um montante de R$ 25,4 bilhões para o atual exercício financeiro, representando um aumento significativo de 9,4% em relação ao valor fixado para 2023. Esta cifra substancial evidencia o compromisso do governo em impulsionar o desenvolvimento econômico e social da região.

Vale ressaltar que, ao longo do ano, o Governador Riedel possui a prerrogativa de abrir créditos suplementares, alcançando até 25% do total das despesas, sem a necessidade de obter a aprovação dos deputados estaduais. Esta flexibilidade financeira proporciona agilidade na gestão e resposta eficiente às necessidades emergentes do Estado.

CERIMÔNIA 

Antes da cerimônia solene, às 8h45, Riedel passará em revista à tropa formada pela Polícia Militar do Estado na rampa da sede do Parlamento e será recepcionado pelo presidente da Alems, deputado estadual Gerson Claro (PP) e demais parlamentares.

Em seguida, autoridades hastearão as bandeiras do Brasil, de Mato Grosso do Sul e de Campo Grande, no pavilhão externo. Com início às 9h, acontecerá a Sessão Solene de Abertura do ano legislativo no Plenário Deputado Júlio Maia.

Conforme prevê o artigo 89 da Constituição Estadual, o chefe do Executivo apresentará sua mensagem aos representantes do povo.

Após o pronunciamento do governador, o presidente Gerson Claro  discursará e solicitará as indicações das bancadas paras as respectivas lideranças e membros que integrarão as comissões técnicas permanentes.




Deixe seu comentário