Campo Grande, 20/06/2024 20:27

Blog do Manoel Afonso

Opinião e atitude no Mato Grosso do Sul

Política

Política • 07 dez, 2023

Senador Nelsinho Trad acompanha assinatura de acordos estratégicos na Cúpula do Mercosul


O presidente da Representação do Brasil no Parlamento do Mercosul, senador Nelsinho Trad, acompanhou, nos últimos dois dias, a conclusão do processo de adesão da Bolívia ao Mercosul e a assinatura do inédito acordo de livre-comércio com Singapura. O parlamentar esteve presente  pela primeira vez na Cúpula do Mercosul, que termina hoje (7) no Rio de Janeiro.
Embora o processo de adesão da Bolívia tenha sido parte dos temas discutidos, a assinatura do acordo com Singapura ganhou destaque especial. “Abrimos novas portas para o Brasil, esse acordo fortalece nossa posição no cenário internacional.”
Antes da assinatura, o parlamentar sul-mato-grossense utilizou seu twitter para destacar as expectativas em relação ao seu estado. “Na Cúpula do Mercosul, acompanho os ajustes finais para a assinatura do acordo histórico com Singapura. Conexão estratégica entre a Rota Bioceânica e um mercado-chave para a carne de MS!”
O acordo com Singapura, primeiro do Mercosul em mais de 10 anos e o pioneiro com um país asiático, promete ser uma fonte significativa de diversificação econômica. Além do comércio de mercadorias, o pacto engloba investimentos, tecnologia, serviços e movimento de pessoas, fortalecendo os laços entre o Brasil, o Mercosul e a Ásia.
O senador enfatizou também: “estamos trazendo oportunidades reais para o Brasil crescer e se integrar de forma mais sólida no contexto global.”
*Desafios do Acordo Mercosul-União Europeia*
O senador Nelsinho Trad, presidente da Representação do Brasil no Parlamento do Mercosul, abordou ainda os desafios e perspectivas do acordo Mercosul-União Europeia. Trad expressou confiança na missão fundamental do Mercosul de fortalecer a cooperação entre os países membros, mesmo diante de discordâncias recentes.
Ao discutir os impasses no acordo com a União Europeia, o senador comentou a posição contrária da França que “na nossa avaliação, usa algumas questões relacionadas a meio ambiente, à preservação de florestas como pano de fundo à alta competitividade que o setor do agro vai impulsionar dentro do mercado europeu”.
Ele destacou também iniciativas para dissipar preocupações, incluindo convites para visitas in loco. “No mês de novembro, eu recebi um senador francês. Pedi para que ele pudesse organizar uma comitiva de senadores e de deputados para a gente poder fazer uma visita in loco, não só na Amazônia como no Pantanal, para eles poderem ver o quão rico é o nosso ecossistema, as nossas florestas e o quanto é importante a valorização por parte dos países ricos que derrubaram as suas florestas”, explicou.
Trad enfatizou a importância do diálogo aberto para superar resistências. “Precisamos esclarecer divergências, demonstrar nosso compromisso com a preservação ambiental e buscar compreensão mútua”.



Deixe seu comentário