Campo Grande, 22/04/2021

Blog do Manoel Afonso

Opinião e atitude no Mato Grosso do Sul

Amplavisão

Amplavisão, Política • 15 mar, 2021

A justiça deixa até nosso passado incerto


NOVA BATALHA: 6º colégio eleitoral, Sidrolândia atrai as atenções devido a eleição suplementar no dia 11 de abril. Enelvo Fellini (PSDB) terá Moacir do Vacaria (Patriota) como candidato a vice prefeito. No pleito anulado Enelvo obteve 9.057 votos (39,51%) e Moacir candidato à prefeito 3.219 votos (14,04%) contra 10.646 votos de Daltro Fiuza (MDB). O ex-prefeito Ari Basso apoia Enelvo e o deputado Gerson Claro (PP) apoia Vandinha a exemplo do PT, PDT e PSB.
 
O TABULEIRO: Vandinha (PP) vereadora (689 votos) e presidente da Câmara que hoje administra a cidade, será candidata prefeita tendo como vice Neuzi Fiuza, mulher de Daltro Fiuza. No pleito de 2020 tivemos 7.177 abstenções (22,94%), 373 votos em branco e 816 nulos. Uma eleição ‘pau a pau’ que vai influenciar no pleito de 2022.
 
REFLEXÃO: “Quando a tormenta passar, que a jornada seja tranquila e sejamos sobreviventes de um naufrágio coletivo, com o coração apertado e o destino abençoado, nos sentimos sortudos pelo simples fato de estarmos vivos e daremos um abraço no primeiro desconhecido e comemoraremos a sorte de conservar um amigo. E então lembraremos de tudo aquilo que perdemos e de uma vez aprenderemos o que não tínhamos aprendido. Já não teremos inveja, pois todos terão sofrido…” (Alexis Valdez)
 
DEPUTADOS & AÇÕES: Paulo Correia (PSDB) comandou o acordo entre o Grupo JBS, operários e autoridades de Coxim evitando o fechamento do frigorífico. Lucas de Lima (SOL): requer realização de exames oftalmológicos e doação de óculos aos alunos da rede pública; visitou Jaraguari, garantiu ao prefeito e vereadores emendas à cidade. Zé Teixeira (DEM) comemora a inauguração do Hospital da Mulher e da Criança de Dourados, tendo sido o responsável por viabilizar o terreno da obra; reivindica obras e melhorias para Alcinópolis, Brasilândia, Bodoquena, Dourados, Itaporã, Ribas do Rio Pardo e Santa Rita do Pardo. Neno Razuk (PTB): aprovado em 1ª. discussão seu projeto criando o Cadastro do 1º Emprego.
 
UMA BENÇÃO! Hoje a Caixa de Assistência dos Servidores Públicos (Cassems) é referência no segmento e nesta tragédia pandêmica tem salvado muitas vidas. Fruto do comando ‘cirúrgico’ do presidente Ricardo Ayache – que ao longo destes 20 anos da entidade tem sido competente na semeadura. Hoje colhe elogios e aplausos merecidos.
 
O DILEMA: Radicaliza ou tenta atrair os descontentes com Bolsonaro? Lula ensaia a primeira hipótese. Mas sem o Centrão perderá! A ‘tchurma’ do centro é decisiva. Votará com o Planalto em troca de benefícios. E o garganta Ciro Gomes – irá de arrasto com o PT? Mas até 2022 tem muito chão e hoje a nossa prioridade é conseguirmos sobreviver.
 
DO LEITOR: “Gilmar Mendes e Sergio Moro: qual deles prestou mais serviços contra a corrupção”? As críticas do ministro Gilmar contra o ex-Juiz Moro justificam essa comparação irônica: “É a banana querendo comer o macaco”. O STF é cenário de disputa de egos inflados, passa insegurança, quando sua função é o oposto. Nos votos e entrevistas – a justiça deixa de ser relevante e cede lugar à politicalha”.
 
O IMAGINÁRIO popular é fértil. Por aí já se pergunta: as delações premiadas serão anuladas? Aqueles l5 bilhões de reais roubados e recuperados serão devolvidos? Vamos fingir que tudo não passou de fantasia? Que as confissões do ex-ministro Palocci, dos empresários, o Petrolão, o Mensalão e o departamento de propinas da Odebrecht foram invenções? Algum inocente foi condenado pela Lava Jato?
 
ROBERTO LIVIANU: “ (-) Fica o sabor amargo de impunidade na boca, decorrentes da decisão de Fachin, pois os casos serão redistribuídos para varas em que não há juízes focados neste trabalho de combate a corrupção de grosso calibre. Pelo contrário – estão abarrotadas de serviço – e o risco de prescrição é real e concreto. E diante da idade do acusado, esses prazos prescricionais caem pela metade. Parece que o sistema não tem força suficiente para punir os poderosos…( – )”
 
SEM ILUSÕES: Os ingênuos imaginavam que as grandes nações fariam o pacto com prioridade para a produção gratuita de vacinas e ações contra o covid-19, para todo o planeta. Mera ilusão; elas continuam visando apenas os lucros políticos e financeiros manipulando como podem. Ainda não foi desta vez que a humanidade se regenerou. Entre a vida e a economia – optou pela última.
 
A ESTRELA: Das 79 mulheres na Câmara, a deputada Rose Modesto (PSDB) é uma das 3 integrando a mesa diretora. Ela lembra: as mulheres são maioria do eleitores e filiados mas minoria na representação. Rose quer avançar na pauta igualitária daquela casa de leis onde até pouco tempo nem tinha banheiros femininos. Só no Brasil mesmo.
 
AÇÕES & DEPUTADOS: José C. Barbosa (DEM): enalteceu o papel das mulheres no combate do Covid; integrado à campanha contra as taxas cartoriais no MS; porta voz dos índios pela falta de agua nas aldeias de Dourados. Mara Caseiro (PSDB): à frente do evento comemorativo do Dia da Mulher, muito elogiado pela organização. Capitão Contar (PSL): questionando a origem de produtos hospitalares armazenados no Centro de Convenções Albano Franco. Antônio Vaz (Rep): propõe programa de telemedicina às gestantes na pandemia; quer isenção da taxa de inscrição para deficientes físicos nos eventos esportivos. João Henrique (PL); preside a Comissão de Finanças e acompanha o trâmite de seu PL sobre transparência da imunização do Covid-19.
 
PEITUDO: No facebook o ex-prefeito Waldeli dos Santos Rosa, de Costa Rica, anunciou que neste mês iniciará por Aparecida do Taboado sua peregrinação no Estado para expor suas ideias como pré-candidato ao Governo do Estado. Detalhe intrigante: Waldeli diz que até maio deverá decidir se continua ou não no MDB. É esperar.
 
NO ‘ESTADÃO’: ‘…Que, em meio a essa barafunda, o eleitor não perca de vista: Lula, que sempre contou com as chicanas e prescrições para voltar a concorrer à Presidência, pode ser agora formalmente ficha-limpa, mas continua moralmente ficha-suja. Seu retorno à ribalta eleitoral, nestas condições, atira o País num turbilhão de incertezas…’
 
DEPUTADOS & AÇÕES: Cabo Almi (PT): Destinou emenda de R$40 mil à Batayporã; visitou o Assentamento da Itamarati; fez parceria com Instituto Projetos Livres para atender crianças e adolescentes. Gerson Claro (PP); preside a Comissão de Constituição e Justiça e Redação e ativo nas sessões on line. Marçal Filho (PSDB); campeão de leis de proteção às mulheres; projeto seu cria estratégia de combate ao câncer infantil e de jovens. Evander Vendramini (PP): requer a inclusão de pessoas deficientes no rol prioritário da vacina Covid-19; participa das sessões da Comissão de Constituição Justiça e Redação.
 
ODILON x DAGOBERTO: “ (-)… Fica fácil, então, saber qual “experiência passada foi um desastre” para o PDT, que, com esse tipo de desculpa andraja de Dagoberto, continuará se encolhendo ao tamanho de sua insignificância de quem, no Estado, ainda ousa achar-se dentro do prazo de validade estabelecido pelo eleitorado que se renova…(-)”. (trecho final da resposta do ex-juiz Odilon ao deputado Dagoberto Nogueira (PDT) que se referiu ao ‘desastre Odilon’ numa entrevista recente).
 
GOVERNADOR Romeu Zema (Novo): ‘ ( ) Não há como um governo ser eficiente quando ele faz extração de petróleo, refino, distribuição de combustíveis, produz energia elétrica, distribui correspondência e uma série de outras coisas. Caso o governo focasse apenas em segurança, saúde e educação ele já teria muito o que fazer… ( )”
 
ALELUIA! Claro que o tempo desgasta qualquer obra. Mas convenhamos que os prédios que compõem o Parque dos Poderes ( secretarias e órgãos) estão precisando mesmo de uma reforma. E após tantos anos e vários governadores terem passado por lá só agora essa reforma será efetivada. Serão gastos R$ 19 milhões, quantia compatível com a empreitada. Parabéns ao governador Reinaldo.
 
TERCEIRA VIA: Comentaristas políticos e de futebol, atualmente se equivalem. Já se discute as possibilidades de termos uma terceira candidatura viável ao Palácio do Planalto. Mas quem? Fala-se em alguns nomes até aqui sem um discurso convincente, imagem ou com luz própria construída fora da esquerda ou da direita. Complicado.
 
NA INTERNET:
 
“Não será apenas a volta de Lula; será a volta de todos nós do PT.” (Zé Dirceu)
 
Qual inocente que acabou condenado pela Lava Jato?
 
“O mocinho, o herói ( Sergio Moro), não pode se transformar, da noite para o dia, em bandido.” ( ministro Marco Aurélio de Melo)
 
“Seria burrice torcer contra o piloto do avião do qual estou dentro.”(Nizan Guanaes, após a vitória de Dilma Roussef.
 
Vamos devagar, o Gilmar só fez um bem em nome de um mal maior.
 
“O PT tem dinheiro para disputar as eleições até 2038.” ( ministro Gilmar Mendes)
 
Ontem ouvi um carro de som convocando todos nós: ‘ pamonhas, pamonhas…’
 
“Não podemos, a esta altura da vida judicante, execrar o juiz Sergio Moro. Ele tem uma folha de serviços prestados ao país”. (ministro Marco Aurélio de Melo)
 
“O objetivo do consumidor não é possuir coisas, mas sim consumir cada vez mais e mais, a fim de que com isso compensar o seu vácuo interior, sua passividade, sua solidão e sua ansiedade.” (Érico Veríssimo)
 
***



Deixe seu comentário